Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 18 de Setembro de 2021

Polícia

Após ser preso por violência doméstica, homem depreda viatura da PM

Suspeito estava bastante agressivo no momento da prisão

Violência doméstica | 28 de Junho de 2021 as 07h 16min
Fonte: Power Mix

Foto: Djeferson Kronbauer/Power Mix

Um homem de 50 anos foi preso após agredir fisicamente sua mulher, de 24 anos, com um golpe de facão e um tapa no rosto, o fato aconteceu na tarde deste sábado (26), por volta das 16h00, em uma residência na Comunidade Pacoval, zona rural de Santa Rita do Trivelato/MT.

Segundo informações, o suspeito teria chegado em casa alcoolizado e sem motivo algum desferiu um golpe de facão na região das nádegas de sua mulher e posteriormente deu um tapa no rosto da mesma.

Com o facão em mãos, o suspeito partiu o celular e uma caixa de som da mulher ao meio, o pai da vítima, um senhor de 60 anos, tentou intervir, momento em que o suspeito partiu para cima desferindo socos, houve luta corporal, porém, o pai da vítima conseguiu se desvencilhar e sair do local.

Bastante nervoso, o suspeito pegou um machado e começou a dizer que mataria o pai da vítima e que iria derramar sangue, a vizinha que prestou socorro à vítima também foi ameaçada pelo suspeito.

No momento em que a PM chegou no local, que fica cerca de 40 km do centro de Trivelato, o suspeito se encontrava na casa da frente de sua residência, ao ser comunicado de sua prisão, o mesmo manifestou interesse em partir para cima da guarnição, que para alerta-lo efetuou dois disparos em direção ao solo, com munição não letal.

Após os disparos o suspeito acatou as ordens da guarnição e entrou no camburão da viatura, durante o trajeto da Pacoval até o município de Trivelato, os policiais ouviram uns barulhos na parte traseira da viatura, onde fica o camburão, que ao chegar no Núcleo de Polícia Militar foi constatado que o suspeito havia danificado a gaiola do camburão e quebrado o vidro da tampa traseira da viatura.

O mesmo se encontrava sem algemas, pois, as que a guarnição possuía não couberam no braço. No quartel, o homem continuava a danificar a viatura, e pedir para que abrisse a tampa traseira pois sofria de pressão alta e que estava sufocado.

Ao acatar o pedido do suspeito e abrir a tampa, o mesmo partiu para cima dos policiais, sendo necessário efetuar dois disparos com munição não letal, um no solo de alerta e o outro na região do peito esquerdo, que veio a ocasionar uma lesão.

Mesmo atingido pelo disparo de calibre 12, o suspeito continuou tentando agredir a guarnição, que teve que fazer o uso da arma de choque, onde só assim foi possível efetuar a detenção.

Mobilizado o suspeito, de 50 anos, foi encaminhado ao Pronto Atendimento do Município, onde recebeu cuidados médicos e posteriormente foi conduzido até Nova Mutum, onde passou por uma avaliação médica no Hospital Municipal e posteriormente foi encaminhado à Delegacia Judiciária Civil, para as devidas providências.