Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 17 de Maio de 2022

Menu

Polícia

Advogado é detido após disparar arma de fogo em Centro de Eventos

Delegado que estava na festa desarmou o advogado e chamou a polícia

Sinop | 04 de Abril de 2022 as 15h 28min
Fonte: Redação

Pistola similar à apreendida com advogado Foto: Ilustrativa

A festa terminou mal para o advogado W.M (48 anos), que achou que era uma boa ideia disparar sua arma de fogo no estacionamento do Centro de Eventos Ghizone, no município de Sinop. A fato ocorreu por volta das 2h30 da madrugada de domingo (3). O advogado foi conduzido para delegacia e vai responder por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, disparo de arma de fogo e desacato.

O boletim de ocorrência lavrado pela Polícia Militar narra o ocorrido. Pessoas que estavam no local viram o advogado efetuando os disparos de arma de fogo no estacionamento. O delegado de polícia civil, Carlos Eduardo, estava no evento. Ele foi até o estacionamento e viu o advogado fazendo os disparos. Nisso, o delegado acionou a polícia.

Mas antes que a guarnição da PM chegasse até o local, Carlos Eduardo já havia desarmado o advogado. Os policiais militares fizeram a detenção de W.M e da arma de fogo. O boletim de ocorrência afirma que o suspeito estava “com comportamento alterado com falas desconexas e se negou a repassar seus dados pessoais para qualificação na elaboração do boletim de ocorrência”.

Inicialmente a PM conduziu o advogado até a delegacia de polícia sem o uso de algemas. Porém, já na delegacia, W.M ficou mais alterado e para garantir a integridade da guarnição e do próprio, foi algemado.

O boletim narra que, após ser algemado, o advogado começou a desacatar a guarnição, com palavras de baixo calão. Um vídeo foi gravado para registrar o desacato.

O advogado foi encaminhado para Delegacia de Polícia de Sinop para as devidas providências. A arma de fogo recolhida pela polícia em posse do suspeito é uma pistola Taurus 838C, calibre .380, junto com um carregador e 13 munições intactas. Também foram recolhidos um celular Iphone, um relógio Rolex, uma chave de carro e R$ 300,00 em dinheiro.