Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 16 de Setembro de 2021

Polícia

Adolescentes são apreendidos após praticarem vários assaltos

Na ação, a PM localizou ainda um revólver, munições, dinheiro, um veículo GM Prima e celulares roubados, além de 18 adesivos de LSD

Roubos | 16 de Abril de 2021 as 10h 45min
Fonte: Assessoria PMMT

Foto: Assessoria PM

Policiais do 5º BPM de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) apreenderam, na noite desta quinta-feira (15.04), dois adolescentes de 15 e 17 anos por roubo, tráfico de droga e porte ilegal de arma de fogo, no residencial Buriti. Uma jovem de 16 anos também foi apreendida por estar envolvida nos crimes.

A informação via 190 descrevia um roubo praticado por dois homens em uma motocicleta Honda Titan vermelha, em uma conveniência. Na ação criminosa, os dois renderam as pessoas e as obrigaram entregarem suas carteiras e celulares. Um deles ainda roubou um veículo GM Prisma preto e na fuga atropelou um rapaz que teve escoriações pelo corpo.

Em diligência, os suspeitos foram localizados e rendidos próximo de um posto de gasolina. Eles carregavam um revólver calibre 32, com seis munições, sendo uma deflagrada e outra picotada, além de uma réplica de pistola. Foram recuperados a carteira com documentos pessoais, um cheque de R$ 1,3 mil e o Prisma.

Questionados, os infratores disseram que estavam envolvidos em mais dois roubos ocorridos na quarta e quinta-feira (14 e 15), sendo uma lanchonete e uma loja de chocolate.  Um deles contou que o celular levado de uma vítima que estava na lanchonete, estaria em sua casa.

No imóvel, além do aparelho, os policiais encontraram 18 adesivos de LSD que segundo o jovem, estava vendendo por R$ 50 cada um. Uma aliança com o nome de uma mulher gravado também estava de posse dos menores, que segundo um deles havia sido roubada no dia 15 no bairro Vila Mineira.

Uma adolescente estava na casa e alegou ser esposa do infrator. Ela disse que sabia dos crimes e que participava da venda dos alucinógenos. O trio e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia da cidade.