Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Notícias dos Poderes

Vacina 100% nacional vai ser o bicho

| 27 de Julho de 2021 as 09h 37min

O senador por Mato Grosso Wellington Fagundes saiu da reunião com o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (26), com uma notícia de arrepiar o pelo. O objetivo do encontro era discutir a produção de vacinas para Covid-19, “100% nacionais”, utilizando as plantas industriais que já produzem imunizantes de uso veterinário. Essa proposta já passou pelo Congresso e foi aprovada, com o argumento de que os laboratórios de saúde animal poderiam fabricar doses cavalares da doença, suficientes para imunizar de “mamando a caducando”.

Bolsonaro se comprometeu com a proposta. Segundo Fagundes, o presidente afirmou que o Governo Federal incentivará as indústrias veterinárias a produzirem as vacinas, tanto para imunizar a população brasileira quanto para exportação.

Os laboratórios de saúde animal instalados no Brasil tem capacidade para fabricar até 400 milhões de doses de imunizantes em um prazo de 90 dias.

Em um primeiro momento, as indústrias veterinárias farão o envasamento de vacinas. Posteriormente as plantas industriais poderão ser usadas, mediante  acordo de transferência de tecnologia, para produzir vacinas com outras plataformas, como a de proteína ou mesmo de RNA.

O Brasil tem pelo menos 5 parques industriais em condições de produzirem vacinas. Atualmente o Governo brasileiro apoia 15 tecnologias de vacinas, e o objetivo é que o país “domine” todo esse processo com patentes nacionais, fabricando os IFA’s no Brasil.