Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 17 de Setembro de 2021

Notícias dos Poderes

Ou me ouvem, ou me tirem

| 16 de Março de 2021 as 11h 17min

Na curta sessão da Câmara de Sinop desta segunda-feira (15), o vereador Adenilson Rocha (PSDB), abriu seu expediente com uma reclamação. Em tom raivoso, Rocha criticou diretamente a mesa diretora – que é quem coordena e conduz os trabalhos da casa de leis municipal. Segundo o vereador, todos os pleitos que ele tem feito ao presidente e ao primeiro secretário da Câmara tem sido sumariamente ignorados. Rocha chegou a afirmar que é melhor a mesa diretora lhe tratar de acordo com o cargo ou então “que achem uma formar de me cassar e tirar daqui”.

Um dos pleitos de Rocha é para suspender as sessões presenciais, em função do avanço nos casos de Covid-19. “Não tem porque vir aqui para votar 2 projetos”, exclamou Rocha, fazendo menção à sessão passada, quando foram votados apenas duas matérias, uma delas sendo um “batismo” de uma rua.

Rocha é um dos vereadores que defende sessões virtuais, através de tecnologias on-line. Ele chegou a comentar que a Câmara já possui equipamentos e profissionais com conhecimento para implementar as sessões virtuais.