Bom dia, Sexta Feira 14 de Maio de 2021

Notícias dos Poderes

Cuba desmente fakenews de MT

| 18 de Março de 2021 as 10h 38min

Sites grandes de Mato Grosso acabaram embarcando na onda e publicando uma gigantesca notícia falsa – daquelas boas para gerar cliques e despertar a ira dos leitores.

O texto dava conta que um grupo de empresários do Estado havia fretado um voo para ir até Cuba, onde, com seu dinheiro, poderiam furar a fila da vacinação contra Covid-19. A “notícia” dizia que cada magnata desembolsaria R$ 30 mil para tomar o imunizante.

Ontem, quarta-feira (17), o Consulado Geral de Cuba em São Paulo, desmentiu a notícia. “Cuba não faria tal coisa com a finalidade de cobrar volumosas somas em troca de um serviço humanitário", diz trecho da nota divulgada pelo Consulado.

O consulado frisou ainda que não possui a vacina Sputnik V, tão pouco para ser comercializada. Em Cuba, 5 diferentes vacinas estão em fase de aprovação. Nenhuma recebeu o aval final até agora. Por isso a vacinação em Cuba não começou sequer entre seus cidadãos, quiçá para estrangeiros.

A notícia falsa atiçou o imaginário de ricos, pobres e militantes. Houve até uma organização de classe disposta a locar outdoors para propagar a informação, como forma de protesto pelo moroso processo de compra e distribuição de vacinas no Brasil.

Ódio, guerra ideológica e desinformação, tem sido iscas perfeitas para arrebanhar uma audiência que se interessa mais com a causa do que com os fatos.