Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 20 de Julho de 2024

Menu

Democracia x Milícia

Virgínia Mendes detona deputados de Mato Grosso

Cinco parlamentares de Mato Grosso votaram pela revogação da prisão do deputado federal Chiquinho Brazão

Geral | 12 de Abril de 2024 as 07h 31min
Fonte: PNB Online

Foto: Divulgação

A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, fez críticas aos parlamentares  de Mato Grosso que votaram pela revogação da prisão do deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido-RJ), preso acusado de ser ligado à milícia e ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes.

Em entrevista ao Jornal A Gazeta ela falou sobre o machismo na sociedade brasileira, já que a vítima do assassinato foi uma mulher. “Não foi com as esposas deles, né? Infelizmente o machismo ainda domina”, disse Virgínia Mendes.

Cinco parlamentares de Mato Grosso votaram pela revogação da prisão do deputado federal Chiquinho Brazão. O caso foi analisado nesta quarta-feira (10.04). O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 277 a 129 votos, a manutenção da prisão de Chiquinho Brazão. Foram 28 abstenções.

De Mato Grosso, os deputados federais Abílio Brunini (PL), José Medeiros (PL), Coronel Assis (União) e as deputadas federais Amália Barros (PL) e Coronel Fernanda (PL) votaram pela revogação da prisão do suspeito de ser o mandante dos assassinatos.