Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 17 de Maio de 2022

Menu

Geral

Usina aumenta o seu lucro em 306%

Com aumento da produção, da margem de lucro e redução de custo, Inpasa alcança desempenho recorde

Sinop | 18 de Março de 2022 as 17h 12min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: MB Produções

A maior usina de etanol de milho da América Latina, a Inpasa Agroindustrial, localizada na cidade de Sinop, teve em 2021 o seu melhor desempenho financeiro até agora. Uma junção de fatores resultou em um lucro líquido bilionário. Foram R$ 1.357.948.000,00 que sobram no caixa da companhia.

A informação está no relatório de Demonstrações Financeiras elaborado pela KPMG Auditores Independentes Ltda, e publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (17). A publicação dos relatórios financeiros anuais é uma exigência para empresas classificadas como S.A (Sociedade Anônima), como é a Inpasa.

A auditoria independente apontou uma convergência de fatores positivos que resultaram em um aumento no lucro líquido na ordem de 306% em comparação com o ano de 2020. O primeiro deles foi o aumento na capacidade produtiva para 3 milhões de litros de etanol por dia – a usina produzia inicialmente 1,5 milhão de litros dia.

O segundo fator foi a melhoria nas margens de operação. A Inpasa conseguiu em 2021 aumentar a sua margem bruta de lucro em 11%, ao passo que reduziu seu custo de produção em 9%. A margem líquida aumentou em 44%. A companhia também conseguiu melhorar a sua liquidez, aumentando a capacidade de pagamentos em 49% em relação ao ano anterior.

O resultado final, o EBITDA (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), chegou em R$ 1,7 bilhão. Com as deduções, restou um lucro de R$ 1,3 bilhão.

O relatório mostra que as vendas da Inpasa em 2021 somaram R$ 4,1 bilhões. Enquanto o custo do produto vendido foi de R$ 2 bilhões. O etanol responde por 75% do volume vendido. DDGS, óleo de milho e energia elétrica fecham a conta.

Do combustível produzido pela usina de Sinop, 37% foi comercializado em Mato Grosso, 25% no Estado de São Paulo, 8% no Amazônas, 6% em Minas Gerais e 5% no Paraná. Os outros 19% dividem-se em outros Estados, com destaque para Pará, Mato Grosso do Sul, Rondônia e para o exterior.

Considerando as atividades operacionais, a Companhia produziu o valor adicionado de R$ 2,2 bilhões no decorrer do exercício 2021, o que representa taxa de agregação de valor de 49% sobre a receita bruta. Isso indica que, de cada R$ 1,00 recebido pela companhia em função de suas atividades, R$ 0,49 foi distribuído na sociedade, entre os funcionários (na forma de salários, benefícios e FGTS), as instâncias municipais, estaduais e federal do governo (na forma de impostos, taxas e contribuições), terceiros (na forma de juros) e os acionistas (na forma de dividendos e lucros) e a diferença foi utilizada no desenvolvimento das atividades relacionadas da Companhia.

A INPASA de Sinop é 3ª usina que compõe o grupo de 5 plantas pertencentes a José Odvar Lopes. Em setembro de 2021, a empresa passou por um processo de incorporação, no qual a Inpasa Agroindustrial S.A absorveu a Inpasa Bioenergia S.A. Além dessa mudança formal, a companhia deu sequencia em 2021 ao projeto de construção da unidade operacional na cidade de Dourados (MS), cujos principais equipamentos se encontram em fase de testes. A previsão é que a planta em Mato Grosso do Sul inicie as atividades operacionais é de junho de 2022.