Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sábado 13 de Julho de 2024

Menu

Impuros

Três marcas de café de MT são reprovadas por impurezas e matérias estranhas

Eles estão na lista de 14 marcas de café torrado cujos lotes devem ser recolhidos

Geral | 02 de Julho de 2024 as 15h 24min
Fonte: O documento

Foto: Divulgação

 As marcas de café Quitada, Aroma Premium e Casarão foram considerados impróprias para consumo humano após a constatação de impurezas ou de elementos estranhos acima dos limites permitidos pela legislação. Eles estão na lista de 14 marcas de café torrado cujos lotes devem ser recolhidos, conforme decreto do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Com sede em Rondonópolis, as amostras do café Quitada foram coletadas no Atacadão. A empresa tem registro junto ao Mapa e as amostras apontaram presença de impurezas acima do limite legal. No caso do Café Aroma Premium, cuja sede é em Várzea Grande, foram encontradas matérias estranhas e impurezas acima do limite legal. A coleta ocorreu no Fort Atacadista.

Já no caso do Café Casarão, cuja sede é em Primavera do Leste, também foram encontradas a presença de matérias estranhas e impurezas acima do limite legal. A coleta ocorreu no Super Compras Supermercados.

O Ministério da Agricultura disse que a ação fiscalizatória faz parte de desdobramentos da Operação Valoriza, que contou com ações de fiscalização realizadas em todo o país entre os dias 18 e 28 de março, quando foram coletadas 168 amostras de café torrado.

“Aos consumidores que caso tenham adquiridos esses produtos, o ministério orienta que deixem de consumi-los, podendo solicitar sua substituição nos moldes determinados pelo Código de Defesa do Consumidor”.

Para quem encontrar alguma das marcas citadas na lista sendo comercializadas, a pasta pede para ser comunicada imediatamente por meio do canal oficial Fala.BR. É preciso informar o nome do estabelecimento e o endereço onde foi adquirido o produto.