Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 23 de Setembro de 2021

Geral

Thyago Mourão: “Não censuro meus personagens do Teatro, faço adaptação para a TV”

O podcast acadêmico é uma experiência do uso desse formato de comunicação aplicado ao processo de construção de conhecimento científico

Comunicação | 02 de Abril de 2021 as 13h 40min
Fonte: Pedro Pinto de Oliveira

O ator, músico, produtor cultural e consultor de comunicação Thyago Mourão é um artista tão versátil quanto a quantidade de atividades profissionais que ocupa. Todas, sem exceção, sempre com muita dedicação e talento. Criador do personagem Xô Dito, Mourão, de 36 anos, também um cuiabano “do pé rachado”, é o entrevistado desta semana no podcast Comunicação, Cultura e Ciência do PNB Online com a jornalista Dalila Rodrigues, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO) da UFMT.

Dalila destaca como é “interessante ver a forma que ator Thyago Mourão consegue adaptar o falar cuiabano, por meio do personagem Xô Dito, para transitar livremente nos espaços das artes e de poder. No teatro, o falar cuiabano tem a liberdade de usar seu vocabulário cuiabanês, sem qualquer restrição de palavras, que são consideradas impróprias para a TV aberta”.

Para Thyago, adaptar o roteiro não prejudica seu trabalho. “Nunca tive censura ou um filtro de direção da programação da TV nos meus textos. Já é uma coisa que eu vou com essa preocupação e faço uma adaptação muito natural. Entendendo o sentido daquilo. Não é uma censura com o meu trabalho, mas uma censura pela classificação, pelo cuidado que a TV precisa ter, pela responsabilidade que a gente precisa ter.”

No podcast, cuja esta entrevista é parte do projeto de mestrado de Dalila Rodrigues, Mourão fala ainda sobre o processo de construção dos seus personagens, a origem acadêmica do Xô Dito, criado para um trabalho universitário na UFMT, e da força do linguajar cuiabano tomado pela arte e reconhecido pelo público, dentro ou fora de Mato Grosso.

O conteúdo do podcast é parte do projeto de pesquisa de Dalila Rodrigues no ECCO. A realização do podcast acadêmico é uma experiência do uso desse formato de comunicação aplicado ao processo de construção de conhecimento acadêmico.

O podcast de construção científica tem uma dupla utilidade: para as pesquisadoras e pesquisadores, serve como referência na captação de depoimentos, coleta de dados para a pesquisa. E para o público que ouve, além dos pares da academia, serve para conhecer temas do cotidiano que estão sendo estudados. Dar a ver/ouvir do que se ocupam os cientistas.

Podcast disponível aqui;