Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Gestão pública

TCE-MT certifica 206 alunos de MBA em gestão pública

A solenidade de certificação integra a comemoração dos 70 anos do TCE-MT

Geral | 18 de Outubro de 2023 as 16h 48min
Fonte: TCE-MT

Foto: Thiago Bergamasco/TCE-MT

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) avançou mais um passo rumo à visão institucional implementada nesta gestão do conselheiro-presidente, José Carlos Novelli, de ser um paradigma para tornar a gestão pública mato-grossense referência nacional. Na noite desta terça-feira (17), em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), entregou o certificado de especialista em Gestão Estratégica por resultados aplicada à Gestão Pública a 206 alunos do curso de pós-graduação lato sensu – MBA, ofertado como parte integrante do Programa de Gerenciamento do Planejamento Estratégico (GPE).

“Em 2006/2007, quando fui presidente pela primeira vez, elaborei o primeiro planejamento de longo prazo do TCE-MT e a visão era ser referência em controle externo no país. Conseguimos, conquistamos esse espaço, temos sete produtos certificado pela ABNT com o selo ISO 9001 de gestão de qualidade. Agora, nossa visão é diferente, queremos avançar e fazer a mesma coisa pela administração pública mato-grossense”, ressaltou o presidente na solenidade realizada no Teatro da UFMT.

Na ocasião, Novelli também salientou o apoio inconteste da Universidade. “O TCE-MT e a UFMT se uniram para melhorar a qualidade da administração pública de Mato Grosso. Não adiantaria elaborar o mapa estratégico dos municípios sem o conhecimento de uma pessoa que está na ponta. A UFMT patrocinou esse passo inicial. Estou num estado de felicidade total e tenho certeza de que teremos colheitas mais fartas no futuro.”

Lançado por Novelli em 2022, o GPE é um programa de longo prazo voltado ao desenvolvimento de políticas públicas de saúde, educação, infraestrutura, economia e assistência social, dentre outras. Com ele, os gestores passam a contar com eixos pré-estabelecidos para o avanço contínuo destas áreas nos próximos 12 anos.

“Os gestores seguirão o princípio da continuidade administrativa e os alunos aqui entram nessa história como guardiões do planejamento estratégico. O objetivo foi plenamente atingido, temos alunos do Xingu, do Araguaia, do Norte, do Sul, da fronteira com a Bolívia, de todos os recantos de Mato Grosso. São guardiões da cultura do planejamento e que vão colaborar para que o TCE cumpra sua visão estratégica. A noite é de colheita e de semeadura, vocês vão espalhar as sementes por todo estado, para irradiar o conhecimento adquirido nessa parceria e o beneficiado com isso é o cidadão”, destacou o presidente.

O reitor da UFMT, professor-doutor Evandro Soares da Silva, também fez questão de enaltecer a parceria com o Tribunal de Contas e falou dos benefícios do Programa e do MBA ora concluído. “O TCE está ajudando a traçar o planejamento dos municípios, com a possibilidade de conhecimento e na realidade de cada um, tendo o município como protagonista na formação do projeto estratégico, visando não apenas o curto prazo, mas 12 anos e fazendo aquilo que a sociedade clama, que é qualidade da gestão pública. O Tribunal mudou o paradigma de julgador e se transformou em um Tribunal pedagógico, que caminha junto com o município e estamos muito felizes em estarmos juntos nessa caminhada.”

Procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Alisson Carvalho de Alencar, se disse orgulhoso e honrado de participar da solenidade fruto de uma iniciativa inédita do presidente José Carlos Novelli. “Uma das maiores dificuldades da administração pública brasileira é só administrar a rotina, viver apagando incêndios, não pensar para o município o que a população precisa para daqui 10, 20 ou 50 anos, com planejamento para o futuro. Novelli, com essa visão magnifica de não olhar para si, mas para a administração pública, buscou essa instituição de ensino referência para propiciar esse curso fenomenal.”

Na oportunidade, o coordenador acadêmico do convênio da UFMT com o TCE, professor-doutor Alexandre Martins dos Anjos, fez um breve balanço dos últimos dois anos. “Temos muitas ações com excelentes resultados que têm sido desenvolvidas na perspectiva do ensino, da pesquisa e da extensão. Ao longo de dois anos de parceria, foram mais de 800 ações que envolvem tanto a extensão universitária quanto projeto de pesquisa, capacitações por todo estado, com um impacto de 12 mil pessoas formadas e só foi possível porque temos pessoas de visão, instituições à frente do seu tempo.”

Representando a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Clarice Claudino da Silva, o juiz-auxiliar da Presidência, Jones Gattass Dias, lembrou que o TCE-MT tem parceria semelhante com o Poder Judiciário. “Satisfação do Poder Judiciário estar aqui, pois essa visão vem ao encontro da parceria que o TCE também tem conosco. Ter um gestor preparado, qualificado, também é o foco do Tribunal de Justiça, estamos com nossas energias voltadas nesse mesmo sentido.”

A solenidade de certificação integra a comemoração dos 70 anos do TCE-MT, celebrado em 31 de outubro – clique aqui e confira a programação completa.

 

O MBA

A pós-graduação lato sensu – MBA em Gestão Estratégica por resultados aplicada à Gestão Pública teve início em novembro de 2022 e reuniu representantes de prefeituras e servidores do TCE-MT.

Ao longo do ano, os profissionais desenvolveram habilidades voltadas ao planejamento, contribuindo com efetividade na prestação dos serviços à sociedade. Estes são os princípios do GPE, que oferece diretrizes para a elaboração de políticas públicas, levando em consideração as especificidades de cada município e já conta com 118 municípios adesos.

Além da entrega da certificação, nesta quarta-feira (18) o TCE-MT valida os mapas estratégicos de mais de 100 municípios. O programa é executado pela Secretaria de Planejamento, Integração e Coordenação, em parceria com a UFMT e a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).