Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Xadrez

Sinopenses ajudam Mato Grosso a se destacar no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2023

O campeonato aconteceu em Belo Horizonte, entre os dias 13 e 15 de outubro

Geral | 16 de Outubro de 2023 as 17h 01min
Fonte: Redação com Assessoria

Foto: Divulgação

Entre os dias 13 e 15 de outubro, os jovens atletas de Sinop estivem em Minas Gerais junto com a delegação de Mato Grosso para competir no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2023, além de Sinop, também estiveram representando o estado, atletas  de Juína e Cuiaba.

O evento aconteceu nas dependências do Colégio Militar em Belo Horizonte. Os jovens conseguiram resultados expressivos na competição, demonstrando muito aprendizado e dedicação no esporte. 

O torneio reuniu um total de 458 crianças representando 16 estados brasileiros, incluindo Acre, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Bahia, Maranhão, Rio Grande do Sul, Alagoas, Goiás e Pernambuco. Os jovens enxadristas competiram em busca de títulos nacionais, divididos por categorias, durante seis rodadas com um ritmo de jogo de 59 minutos para cada jogador.

 

Os atletas conseguiram as seguintes colocações:

Olavo Tadeu Carvalho Oliveira, aluno do 7° ano do Colégio CAD, conquistou o título de vice-campeão na categoria Sub 12.

Tobias Luiz Carvalho de Oliveira, estudante do 4° ano do Colégio CAD, brilhou na categoria sub 9, conquistando o terceiro lugar.

André Carvalho Schiavetto, aluno do JK na Maple Bear, deixou sua marca ao alcançar o terceiro lugar na categoria Sub 5.

Eduardo Jorge Carvalho Schiavetto, aluno do Y1 na Maple Bear, também participou na categoria Sub 7 e obteve uma boa colocação.

Essas conquistas ressaltam o comprometimento e o talento dos jovens enxadristas de Sinop e refletem o contínuo crescimento do xadrez como esporte na região.