Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 24 de Setembro de 2021

Geral

Sinop registra maior número de mortes da história

Já nascimentos registram queda de quase 2% em relação à média dos últimos anos

Anoreg-MT | 19 de Julho de 2021 as 16h 41min
Fonte: Redação com assessoria

A pandemia da Covid-19 vem causando um profundo impacto nas estatísticas vitais da população brasileira. Além das mais de 525 mil vítimas fatais atingidas pela doença, o novo coronavírus vem alterando a demografia de uma forma nunca vista desde o início da série histórica dos dados estatísticos dos Cartórios de Registro Civil de Sinop, em 2003: nunca se morreu tanto e se nasceu tão pouco em um primeiro semestre como neste ano de 2021, resultando na menor diferença já vista entre nascimentos e óbitos nos primeiros seis meses do ano.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.

Em números absolutos os Cartórios de Sinop registraram 603 óbitos até o final do mês de junho. O número, que já é o maior da história em um primeiro semestre, é 133,1% maior que a média histórica de óbitos, e 47,43% maior que os ocorridos no ano passado, com a pandemia já instalada há quatro meses no município. Já com relação a 2019, ano anterior à chegada da pandemia, o aumento no número de mortes foi de 62,97%.

Com relação aos nascimentos, Sinop registrou uma queda de 5,37% em relação à 2019, ano anterior a pandemia. Até o final do mês de junho foram registrados 1.639 nascimentos, número 2% menor que a média de nascidos no município desde 2003.

O resultado da equação entre o maior número de óbitos da série histórica em um primeiro semestre versus o menor número de nascimentos da série no mesmo período é o menor crescimento vegetativo da população em um semestre em Sinop, aproximando-se, como nunca antes, o número de nascimentos do número de óbitos. A diferença entre nascimentos e óbitos que sempre esteve na média de 1.414 nascimentos a mais, caiu para apenas 1.036 em 2021, uma redução de 27,7% na variação em relação à média histórica. Em relação a 2020, a queda foi de 15,91%, e em relação a 2019 foi de 23,94%.

De acordo com André Luis Bispo, presidente da Arpen/MT, o Portal da Transparência tem sido extremamente útil para retratar o que tem acontecido em Mato Grosso na pandemia. "A plataforma concede informações e dados estatísticos de nascimentos e óbitos registrados nos cartórios em tempo real, e esses números ajudam os gestores públicos a tomarem as devidas providencias".

Casamentos

A série histórica do Registro Civil demonstra que os casamentos voltaram a crescer nesse primeiro semestre de 2021. Sinop apresenta crescimento de 69,6% em comparação à média histórica de casamentos no primeiro semestre no município. O número de matrimônios em 2021 mostra uma boa recuperação em relação às celebrações do ano passado, fortemente impactadas pela chegada da pandemia que adiou cerimônias civis em virtude dos protocolos de higiene necessários à contenção da doença. Até junho deste ano os Cartórios celebraram 413 casamentos civis, número 89,4% maior que os 218 matrimônios realizados no ano passado e 35,9% maior que os 304 casamentos celebrados em 2019.

Sobre a Anoreg/MT
A Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (ANOREG/MT) congrega os 243 Cartórios distribuídos em todos os municípios do Estado. A entidade reúne cartórios de cinco especialidades: Registro Civil das Pessoas Naturais, Registro de Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas, Tabelionato de Notas, Tabelionato de Protesto e Registro de Imóveis. As principais funções relacionadas aos Cartórios extrajudiciais são a garantia de fé pública, autenticidade, publicidade, segurança e eficácia a todos os atos jurídicos pessoais, patrimoniais e negociais da população brasileira, contribuindo para prevenir litígios e desburocratizar os serviços ao cidadão.