Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Domingo 14 de Julho de 2024

Menu

Norte show 2024

Seis palestras e a presença de Bolsonaro devem bater recorde de público na Norte Show

Bolsonaro chega na feira por volta das 15 horas, após chegar na cidade por volta das 13 horas no Aeroporto Municipal e seguir para a Praça da Bíblia

Geral | 17 de Abril de 2024 as 09h 31min
Fonte: Assessoria

Foto: Divulgação

A visita do ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), nesta quarta-feira (17.04) deve reunir milhares de pessoas na Norte Show que devem acompanhar a passagem dele pelo Parque de Exposições, no período da tarde. 

Bolsonaro chega na feira por volta das 15 horas, após chegar na cidade por volta das 13 horas no Aeroporto Municipal e seguir para a Praça da Bíblia. 

Também devem ser realizadas seis palestras, a partir das 9h30. O consultor Giovani Damiano vai falar sobre “Cenários do mercado de soja e milho”. Na sequência, a médica veterinária Paula Mayumi Ono abordará “A pecuária do futuro: confraria da carcaça Nelore, uma nova era na pecuária de qualidade”. 

A última palestra do dia é sobre “Ultrassonografia da carcaça e a carne do futuro”, ministrado por Matheus Vieira. Todas as palestras serão realizadas no auditório Agroinsumos. 

O consultor Roberto Barcellos vai ministrar o painel “Carne de Qualidade ou Carne de Commodity? Tendências da Pecuária de Corte do Brasil”, a partir de 13h30. Na palestra, ele vai indicar aos pecuaristas os dois caminhos a seguir: ou produz carne de qualidade ou carne de baixo custo aos consumidores, ou seja, um mercado de boi “on demand”.

A engenheira agrônoma Luciany Favoreto falará sobre a “Síndrome da Hasta Verde”, a partir das 14h30. Na última palestra do dia, o também engenheiro agrônomo Edgar Zin Júnior vai apontar caminhos aos pecuaristas a transformar pasto em ouro com a palestra “Estratégias de armazenamento de fibras em períodos de escassez”.