Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 02 de Julho de 2022

Menu

Geral

Radar Covid-19 auxilia gestores no combate à pandemia e fortalece controle social

TCE-MT | 18 de Fevereiro de 2022 as 09h 46min
Fonte: André Garcia Santana - TCE-MT

Foto: Divulgação

Assim que foi registrada a primeira morte por Covid-19 no Brasil, em março de 2020, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) adotou uma série de medidas para auxiliar gestores do estado e dos municípios no enfrentamento da pandemia. Neste contexto, foi identificada a necessidade de se criar uma ferramenta para o monitoramento em tempo real da evolução da doença, resultando na criação do Radar-Covid-19.

O sistema, disponibilizado no site da Corte de Contas, traz um panorama dos óbitos e casos suspeitos em Mato Grosso, além do mapeamento da estrutura hospitalar nos municípios.

Há que se considerar que, no início da pandemia, as informações eram escassas, motivo pelo qual a equipe técnica do TCE-MT passou a captar diariamente dados oficiais da Secretaria de Estado de Saúde e no Ministério da Saúde, disponibilizando-os em forma de painel estatístico. Com a iniciativa, o Tribunal saiu na frente de diversos órgãos, tornando-se referência no país.

Por meio da plataforma é possível verificar dados como a evolução do número de infectados e óbitos em Mato Grosso, no Brasil e no Mundo; as licitações e aquisições para seu enfrentamento, realizadas por todas as unidades públicas de Mato Grosso, inclusive com os preços e quantidades adquiridas e os recursos recebidos (receitas) e gastos (despesas) das unidades municipais para o enfrentamento da pandemia.

Também estão disponibilizados os processos de fiscalização realizados pelo TCE-MT no âmbito da ação de combate ao coronavírus, criada pela Comissão de Fiscalização instituída pela portaria 070/2020-TCE-MT e o mapeamento da estrutura hospitalar por município, de acordo com as informações declaradas ao Ministério da Saúde.

De acordo com o sistema, Mato Grosso contabiliza hoje 660.820 casos confirmados da doença, sendo 4681 novos. Os óbitos chegam a 14.464, o que representa letalidade de 2,19% e 19.018 casos por 100 mil habitantes. Na página, um gráfico aponta que Cuiabá é a cidade que lidera o número de infectados no estado, com 120.745 (18,4%), seguido por Várzea Grande 48.728 (4,4%) e Rondonópolis, com 41.260 (6,3%).

Com relação aos recursos referentes à pandemia, as receitas dizem respeito à 1,7 bilhão, enquanto os pagamentos correspondem a 1,2 bilhão. Sobre a estrutura hospitalar, o estado conta com 1.423 respiradores, dos quais 1.024 estão em uso. No total, há 7.058 leitos de internação, 5.119 leitos de internação Covid-19, 143 Unidades de Isolamento e 114 Unidades de Isolamento SUS

Por meio de números como estes, o gestor público ganha uma importante ferramenta para auxílio na tomada de decisões. Isso porque o painel de análise e monitoramento permite realizar o comparativo entre municípios com as mesmas características, porte ou situação, acessar as estatísticas da evolução dos cenários na linha do tempo, e consultar os preços praticados nos vários ciclos da pandemia, por exemplo.

Desta forma, ao mesmo tempo em que traz celeridade às gestões no combate ao vírus, propiciando a comparação entre diversos municípios de maneira rápida, o Radar Covid-19 também se consolida como importante instrumento de controle social e fiscalização, disponibilizando dados que, muitas vezes, não são encontrados nos portais transparência.