Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Segunda Feira 15 de Julho de 2024

Menu

Acidente

Queda de ponte faz estado dos EUA decretar emergência

Casa Branca diz estar monitorando o incidente e acrescentou que não há sinal de qualquer má intenção

Geral | 27 de Março de 2024 as 07h 10min
Fonte: Estadão Conteúdo com agências internacionais

Foto: Rob Carr/GETTY IMAGES AMÉRICA DO NORTE/Gett

Maryland, nos Estados Unidos, entrou em estado de emergência nesta terça-feira, 26, após uma ponte em Baltimore desabar e deixar pelo menos sete pessoas desaparecidas no rio sobre o qual estava. O governador Wes Moore disse que estava trabalhando para mobilizar recursos federais - e o FBI foi acionado ao local.

A Casa Branca está monitorando o incidente, disse um oficial para o Washington Post, que acrescentou que não há sinal de qualquer intenção perversa. O Secretário de Transportes dos Estados Unidos, Pete Buttigieg, publicou no X que ofereceu o apoio de sua agência, à medida que os esforços de resgate estão em andamento.

O tráfego marítimo foi "suspenso até novo aviso" no porto de Baltimore , um dos mais movimentados dos Estados Unidos, após o desabamento da ponte, anunciou o secretário dos Transportes de Maryland. "O tráfego de navios que entram e saem do porto de Baltimore está suspenso até novo aviso. O porto permanece aberto ao tráfego de caminhões", disse o secretário Paul Wiedefeld aos repórteres.

Um navio porta-contêineres com bandeira de Cingapura, operado pela Synergy Marine Group, colidiu contra a ponte em Baltimore por volta de 1h30 (horário local, 2h30 em Brasília), atingindo um dos pilares e fazendo com que a estrutura se quebrasse e dobrasse em vários pontos, caindo na água em questão de segundos Ainda não está claro o que causou a colisão.

De acordo com autoridades, há carros na água, onde a temperatura rondava 8ºC na madrugada desta terça-feira. Duas pessoas foram resgatadas, uma em estado grave, segundo o chefe dos bombeiros de Baltimore, James Wallace. Ele disse que as autoridades "podem estar procurando mais de sete pessoas", mas disse que esse número pode mudar.

Kevin Cartwright, diretor de comunicações do Corpo de Bombeiros de Baltimore, disse à Associated Press que vários veículos estavam na ponte no momento do colapso. A edificação caiu no meio da noite, quando o tráfego seria menos intenso do que durante o dia, quando milhares de carros atravessam o vão. Ele chamou o colapso de um "evento em desenvolvimento com vítimas em massa".

Um helicóptero e três barcos da Guarda Costeira estão realizando as buscas no Rio Patapsco nesta terça-feira. As autoridades confirmaram em uma entrevista coletiva de imprensa que agentes federais, estatais e municipais estão participando da operação para lidar com o que o prefeito de Baltimore, Brandon Scott, descreveu como uma "tragédia".

Wiedefeld, o secretário de Transportes de Maryland, disse à imprensa que a baixa temperatura da água, sua profundidade, de cerca de 15 metros, e a escuridão no momento do ocorrido dificultam os trabalhos.

 

Guarda-costeira suspende busca por 6 desaparecidos após queda de ponte nos EUA

Os trabalhos de busca dos seis desaparecidos pela queda de uma ponte na cidade americana de Baltimore foram suspensos na noite desta terça-feira (26), anunciou um responsável da guarda-costeira dos Estados Unidos.

"Com base na duração das buscas [...], na temperatura da água neste momento, não acreditamos que vamos encontrar essas pessoas com vida", declarou o vice-almirante Shannon Gilreath em entrevista coletiva.