Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 23 de Julho de 2024

Menu

Maio vermelho

Quarta (29) tem dia D de prevenção ao câncer de boca; confira os locais de atendimento

Geral | 27 de Maio de 2024 as 13h 31min
Fonte: Daiane Stela - Assecom

Foto: Divulgação

Estamos no Maio Vermelho, mês dedicado à luta contra o Câncer Bucal, devido ao dia 31 de maio, que é o Dia Mundial Sem Tabaco, principal causa desta e de outras doenças. Esta iniciativa visa educar a população sobre os fatores de risco, sintomas, prevenção e diagnóstico precoce desta doença que afeta milhares de pessoas em todo o mundo.

Nesta quarta-feira, dia 29, a Secretaria de Saúde irá realizar o dia D de Prevenção ao Câncer de Boca, com avaliações das mucosas orais e orientações sobre os fatores de risco para o câncer bucal. O atendimento será em horário estendido nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros: Boa Esperança, Violetas, Maria Vindilina I e II, Botânico, Oliveiras, Primaveras, Nações, Primaveras e Ibirapuera, das 18h às 22h, em formato livre demanda, sem necessidade de agendamento. 

O Câncer de Boca pode afetar os lábios, língua, gengiva, assoalho da boca, palato duro, bochecha e outras partes da boca. Os principais fatores de risco para o câncer de boca são: tabagismo, álcool, exposição ao sol (lábios), vírus HPV, má higiene bucal e dieta pobre em frutas, legumes e verduras também estão associadas. 

É fundamental que todos estejam atentos aos sinais e sintomas do câncer de boca, como feridas que não cicatrizam, manchas brancas ou vermelhas na boca, dor persistente, dificuldade para engolir ou mastigar, e alterações na voz. Caso identifique algum desses sinais, é essencial procurar imediatamente um profissional de saúde para avaliação e possível diagnóstico.

A coordenadora da Saúde Bucal do município, Julia Pigosso, ressalta as medidas simples de prevenção. “Usar protetor labial (FPS 30), chapéu, consultas regulares ao cirurgião dentista, pois ele é capaz de detectar sinais, e fazer uma investigação mais apurada quando necessário. O diagnóstico precoce é o meio mais seguro para combater o câncer bucal”.