Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 17 de Maio de 2022

Menu

Geral

Prefeitura paga aluguel de R$ 45 mil em imóvel do prefeito

Contrato de locação foi renovado por mais 3 anos, com um reajuste de 23%

Sinop | 12 de Abril de 2022 as 10h 18min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Assessoria

A prefeitura de Sinop publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (11), o 1º aditivo ao contrato 003/2018, que trata da locação de um imóvel para abrigar a sede do IFMT (Instituto Federal de Mato Grosso), no município. O aditivo estendeu o contrato de locação por mais 3 anos, além de aumentar o valor mensal em 23%. Até março deste ano a prefeitura pagava R$ 36.589,00 por mês pela locação. A partir de abril serão R$ 45 mil por mês.

O imóvel é alugado pela prefeitura desde 2014, quando o Instituto iniciou a operação no município. A locação é feita pela empresa Centro Vias Construtora, Incorporadora, Participações e Armazéns Gerais. Nos primeiros contratos firmados com a prefeitura, a Centro Vias tinha como sócio majoritário e administrador o empresário Roberto Dorner – eleito prefeito de Sinop em 2020. Recentemente a empresa realizou uma mudança em seu quadro societário, empossando como administrador Robisson Dorner, filho do atual prefeito e principal doador da última campanha eleitoral, contribuindo com R$ 1 milhão para a eleição do pai.

O afastamento de Dorner do quadro societário da empresa garantiu que o prefeito continuasse com o contrato e com o mandato. De acordo com o artigo 68 da lei orgânica municipal, prefeito e o vice não poderão firmar ou manter contrato com o município, autarquias ou empresas públicas, sob pena de perda de mandato. A restrição vale a partir da posse.

Com o aditivo do contrato, a prefeitura alugará o imóvel até março de 2025 – bem além das pretensões do IFMT de permanecer nesse local. Em novembro de 2021, o instituto lançou a licitação para a construção da sua sede própria no município. O processo foi homologado no final de dezembro e no dia 28 de janeiro de 2022 o contrato com a construtora foi assinado.

De acordo com o edital, a empresa tem 18 meses para concluir a obra, ou seja, agosto de 2023. Inicialmente a execução foi licitada com o valor teto de R$ 11,1 milhões, mas com a disputa do certame a obra foi contratada por R$ 9,3 milhões.

A nova sede terá 2,1 mil metros quadrados de área construída. A primeira etapa compreende os blocos administrativo e pedagógico, com salas de aula, paisagismo, uma guarita, refeitório, pórtico, instalações elétricas, telefone, ar-condicionado, hidráulica, internet, cercamento do terreno, banheiros, e outros.

A obra será erguida em um terreno com 55 mil metros quadrados localizado entre a Rua Ucayali e Avenida Guaíba, no Residencial Iguatemi, nos fundos do bairro Maria Vindilina.

Distância entre a sede atual do IFMT e as futuras instalações próprias

Distância entre a sede atual do IFMT e as futuras instalações próprias