Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 20 de Setembro de 2021

Geral

Prefeitura entrega ovos de páscoa para crianças atendidas pela Assistência Social

Programa criança feliz | 30 de Março de 2021 as 15h 12min
Fonte: Assessoria da Prefeitura

Foto: Assessoria da Prefeitura

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação começou hoje (30), a entrega dos ovos de páscoa para 107 crianças das famílias atendidas pelo programa Criança Feliz, desenvolvido nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS’s). Ao todo serão entregues 240 ovos de páscoa. A entrega é alusiva à data comemorativa, celebrada no próximo domingo (04). A ação de hoje, foi para as crianças dos centros do Jardim das Palmeiras e Boa Esperança.

A entrega foi organizada de modo a não causar aglomerações, dividido as crianças atendidas pelas unidades dos CRAS’s, bem como o horário de atendimento estendido das 8h às 12h. A gestora da pasta, Scheila Pedroso, destacou que a atividade tem por objetivo “alimentar o espírito fraternal de páscoa, nesse momento tão delicado pelo qual estamos passando. Levar um pouco de felicidade a esses lares é revigorante para nós”.

Além da ação de hoje, as crianças acompanhadas pelo projeto nos CRAS’s Menino Jesus e Paulista, receberão o chocolate amanhã (31). A ação se concentrará na unidade do Loteamento Menino Jesus. Todos os cuidados para a segurança das crianças e suas famílias serão adotados.

A coordenadora do programa, Gonçalina Clara dos Santos, explica que as unidades são resultados de doação da empresa Cacau Show. “Ações em conjunto com voluntários, como essa, é fundamental, principalmente em dias de pandemia, e, mostra o calor da fraternidade, mesmo que distanciado socialmente. Agradecemos a Cacau Show por nos ajudar a levar felicidade aos lares de nossas famílias”.

O programa Criança Feliz é desenvolvido em Sinop, desde o ano de 2018. O público-alvo é formado por gestantes e crianças de zero a três anos de idade, beneficiárias do Bolsa Família, e, até os seis anos aquelas crianças com algum tipo de deficiência e que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Também são acompanhadas pelo programa, crianças de até seis anos que estão afastadas do convívio familiar em função das medidas protetivas.

Durante a pandemia o programa se adaptou para que as crianças continuassem sendo assistidas. O atendimento é feito através de videochamadas, ligações e troca de mensagens. Além das visitas que passaram a ser mensais, seguindo todas as normas de biossegurança, necessárias.