Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Sinop

Prefeitura destina quase R$ 2 milhões para planos de celular

Licitação prevê 402 aparelhos com chip e plano ilimitado por 4 anos

Geral | 22 de Novembro de 2023 as 17h 38min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Assecom

A conta de celular da prefeitura de Sinop para os próximos 4 anos será definida na sexta-feira (24). É quando a gestão abre as propostas do Pregão 096/2023 para contratação dos serviços de telefonia e internet móvel para autoridades, servidores e funcionários da prefeitura.

O certame prevê a contratação de 402 planos para atender 24 repartições da administração municipal. Só para Secretaria de Assistência Social são 63 “linhas”. O edital traz como valor de referência um custo de R$ 99,90 por plano, totalizando uma despesa orçada em R$ 40,1 mil por mês. Como o contrato será para 48 meses, ou 4 anos, o valor final será de R$ 1.927.670,40 – custo que pode baixar de acordo com a disputa entre as empresas interessadas em prestar o serviço.

O pacote de serviços SMP (voz, dados, sms, etc), deve ter um valor fixo mensal pós-pago e possibilitar ligações ilimitadas para qualquer telefone fixo ou móvel do Brasil, incluindo ligações locais e longa distância nacional, além de SMS ilimitados, roaming nacional ilimitado acesso à caixa postal e secretária eletrônica ilimitado. O pacote de dados deve ter uma franquia mínima de 8 GB, para acesso à internet, com, pelo menos, o aplicativo Whatsapp liberado para uso ilimitado sem consumo da franquia. A tecnologia de transmissão de voz e dados deve ser 3G/4G/5G ou superior.

A compra inclui também o fornecimento dos aparelhos smartphones em regime de comodato – a empresa fornece o celular e recolhe no final do contrato, sendo prevista uma substituição dos aparelhos após 24 meses.

 O edital descreve as especificações técnicas mínimas para os aparelhos, que devem ser novos. Os celulares precisam ser Dual Chip ou compatível para o uso de duas linhas, ter processador Quad-Core com velocidade de 2,0 GHz, memória de armazenamento interna acima  de 32 GB, memória RAM acima  de 4 GB, tela de 5 Polegadas com resolução Full HD, câmera traseira com 12 Mega Pixels e câmera frontal com no mínimo 5 Mega Pixels e leitor de impressões digitais. Os aparelhos devem vir com os acessórios: carregador bivolt, fones de ouvido, cabo USB, extrator de chip (quando aplicável), e manual de instruções.

Na justificava para compra, a prefeitura enfatiza que o serviço dará suporte às atividades habituais de trabalho, principalmente quando em trânsito ou em atividades remotas. “O serviço de telefonia móvel pessoal com acesso à internet e fornecimento de aparelhos em comodato passou a ser muito importante no desenvolvimento das ações institucionais, pois é a partir dessa tecnologia que a transmissão das informações entre os servidores ocorre de maneira mais eficaz, tanto na comunicação por voz como por meio de aplicativos de mensagens instantâneas, que permitem o compartilhamento de imagens, vídeos, áudios e documentos, etc, ou ainda por aplicativos de videoconferência”, explica a gestão no edital.