Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Geral

Prefeitura de Nova Mutum inicia revitalização da Avenida dos Uirapurus

O Programa Mutum Mais contempla 17 obras, com R$ 35 milhões de investimentos.

Nova Mutum | 30 de Julho de 2021 as 17h 01min
Fonte: Ana Paula Dias/Assessoria

Foto: Vinicius Fantinel

A Prefeitura de Nova Mutum, através da Secretaria de Planejamento e Assuntos Estratégicos deu início a Revitalização da Avenida dos Uirapurus, localizada na área central da cidade. A reforma está dentro do Programa Mutum Mais e visa melhorar os canteiros centrais, paisagismo, a mobilidade urbana de pedestres e ciclistas.

“A revitalização da Avenida Uirapurus é um desejo antigo, tanto da administração como dos comerciantes que tem estabelecimentos em frente a Avenida. Com a revitalização a população contará com um número maior de vagas de estacionamentos para carros e motos desafogando o trânsito dessa região da cidade. Além de melhorar a mobilidade de pedestres e ciclistas, trazendo mais segurança à toda população, embelezando e valorização a localidade”, explicou Mauro Manjabosco, secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos.

O Programa Mutum Mais contempla 17 obras, com R$ 35 milhões de investimentos. Com ele a Prefeitura aplica ações estratégias que vão refletir diretamente no aquecimento da economia local com geração de empregos e oportunidades, ligados a áreas d Saúde; Educação; Social; Segurança; Lazer; Urbanização e Mobilidade Urbana.

“Pedimos a compreensão da população quanto as obras de revitalização da Avenida dos Uirapurus. Sabemos que teremos um árduo trabalho pela frente e que irá temporariamente gerar um breve desconforto a gerião comercial, durante o período de obras . Aproveitamos para prestar agradecimentos ao supermercado Saito por disponibilizar o estacionamento para atender as demandas da população durante o tempo da obra”, finalizou Manjabosco.