Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 16 de Abril de 2024

Menu

Política MT

Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro é afastado do cargo pela Justiça

A informação foi confirmada pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), nesta segunda-feira (4)

Geral | 04 de Março de 2024 as 14h 38min
Fonte: O documento

Foto: Divulgação

O desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, determinou nesta segunda-feira (4) o afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) por seis meses.

A informação foi confirmada pelo Ministério Público Estadual (MPE). A decisão, porém, está em segredo de Justiça.

Essa é a segunda vez que o prefeito é afastado do cargo.

A primeira ocorreu em outubro de 202, também por ordem de Luiz Ferreira, no âmbito da Operação Capistrum, que investigou um suposto esquema de contratação irregular de servidores na Secretaria Municipal de Saúde.

Na ocasião foram cumpridos mandados de afastamento do cargo de Emanuel, do seu chefe de gabinete, Antônio Monreal Neto, e da secretária-adjunta de Governo e Assuntos Estratégicos, Ivone de Souza. Monreal Neto chegou a ser preso.

Ainda foram alvos a primeira-dama Márcia Pinheiro e o ex-coordenador de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde, Ricardo Aparecido Ribeiro.

As investigações apontaram que Emanuel teria feito mais de 3.500 contratações temporárias só na Secretaria de Saúde, a maioria ilegais, com pagamentos de “prêmio saúde” de até R$ 5,7 mil, para acomodar e atender compromissos de aliados políticos, principalmente vereadores.