Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sábado 13 de Julho de 2024

Menu

Caso inusitado

Pré-candidato a prefeito é posto pra correr em obra da prefeitura

O objetivo era mostrar a má conservação do Parque de Exposições da cidade

Geral | 02 de Maio de 2024 as 15h 27min
Fonte: O tempo

Foto: Reprodução

O pré-candidato a prefeito de Matipó, na Zona da Mata, Gabriel Neto (PL), foi agredido enquanto tentava gravar um vídeo, no Parque de Exposições da cidade, fazendo críticas à administração municipal. Em vídeos gravados por pessoas que acompanhavam a confusão é possível ver o político com as roupas rasgadas e sendo obrigado a sair correndo do local.

No boletim de ocorrência consta que o pré-candidato do PL foi ao local, acompanhado de um assessor, para mostrar a má-conservação do espaço e acabou sendo abordado por pessoas que disseram que ele não poderia “fiscalizar ou filmar o local”. A partir daí, teria começado uma discussão que terminou com as agressões contra o Gabriel Neto. “Após discussão, os autores o agrediu com um pedaço de ripa de madeira, tendo a vitima corrido do local e deslocado até o quartel da Polícia Militar”. 

O pré-candidato foi levado a um hospital para receber atendimento médico. Na manhã desta quinta-feira (2), ele prestou depoimento na delegacia da cidade. 

No momento das agressões, Gabriel Neto fazia uma transmissão ao vivo em uma rede social e é possível ver o momento em que um dos agressores se aproxima com questionamentos ao pré-candidato. “Você vem ao parque de exposições prejudicar os outros”, disse o homem. Logo em seguida as imagens foram interrompidas.

De acordo com o boletim que registrou a ocorrência, os agressores foram identificados, mas ainda não tinham sido encontrados pela Polícia. Eles seguem sendo procurados pelo crime de agressão.

A reportagem fez contato com a prefeitura de Matipó, mas ainda não recebeu um posicionamento sobre os acontecimentos. O espaço segue aberto para manifestação de todos os envolvidos.