Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Domingo 21 de Abril de 2024

Menu

Confronto

Polícia mata suspeito de executar pai que tentou proteger filho em Sorriso

Homem tinhas diversas passagens criminais; caso aconteceu na última sexta-feira (16)

Geral | 18 de Fevereiro de 2024 as 14h 16min
Fonte: Mídia News

Foto: Reprodução

Um homem de 28 anos, identificado como Samuel Alves Franco, morreu na tarde de sexta-feira (16) em confronto com a equipe da Força Tática de Sorriso. Ele seria um dos envolvidos na morte de um pai que morreu tentando proteger o filho de uma execução.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia estava em busca dos criminosos que mataram  Mauricio Rodrigues dos Reis Filho, na madrugada daquela mesma noite. 

Um Fiat Uno de cor branca foi identificado como sendo o carro usado pelos criminosos no ataque. Os militares descobriram o trajeto feito pelo veículo e o encontraram estacionado na garagem de uma quitinete. 

Os policiais, segundo o registro, começaram a monitorar o local e viram um homem suspeito saindo assustado de lá, carregando uma arma nas mãos. 

A equipe de Força Tática foi acionada para auxiliar na ocorrência. Os militares se aproximaram e, quando o homem percebeu, saiu correndo para dentro da residência. 

Os militares entraram na casa e Samuel  teria reagido à abordagem apontando a arma na direção deles. 

O homem foi atingido e foi socorrido ainda com vida pelos próprios policiais ao Hospital Regional de Sorriso, mas não ressistiu aos ferimentos. 

Durante revista na residência foi encontrada uma grande quantidade de drogas e outros objetos usados para traficar o entorpecente. 

Samuel tinha diversas passagens criminais por roubo, posse irregular de arma de fogo e era investigado por envolvimento em outro homicídio cometido em Goiás.