Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 23 de Fevereiro de 2024

Menu

Seguiu a legalidade

PGR arquiva denúncia contra prefeito Emanuel Pinheiro

Geral | 21 de Novembro de 2023 as 15h 07min
Fonte: Redação MTNotícias

Foto: Gazeta Digital

A Procuradoria-Geral da República (PGR) mandou arquivar investigação contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) por dispensa de licitação para contratação da empresa na Secretaria Municipal de Saúde. A informação consta do Diário Eletrônico do MPF (DMPF).

De acordo com os autos, por meio da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão (Combate à Corrupção), foi aberta investigação em razão de supostos indícios de fraude em contratação e ausência de justa causa para utilização de dispensa de licitação, com fundamento no Covid-19, relacionados ao contrato 110/2020, celebrado pela Prefeitura de Cuiabá e a Stelmat Teleinformática Ltda, para a prestação de serviços de rede de comunicação da Prefeitura.

Em despacho publicado no DMPF, a 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, aponta que por envolver recursos públicos estaduais, o Ministério Público Estadual (MPE) já investigou os mesmos fatos, e que se concluiu pela ausência de ato ilícito.

“Conclusão pela ausência de ato ilícito. Ausência de indícios de ato de improbidade ou crime. Verificação de que os atos licitatórios obedeceram aos ditames legais”, diz trecho do despacho.