Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Geral

Nova Mutum vai imunizar mais de 1.600 pessoas contra o COVID-19

Recorde de vacinação será batido até sábado

Vacinação | 24 de Junho de 2021 as 15h 22min
Fonte: Ana Paula Dias/Assessoria

Assessoria

Essa semana a Prefeitura de Nova Mutum, através da Secretaria Municipal de Saúde, deve bater recorde na vacinação. A previsão da Vigilância Epidemiológica é imunizar 1.635 pessoas até sábado. 

"Estamos contentes em poder imunizar um número expressivo de pessoas. Desde o início da campanha estávamos recebendo doses picadas, o que dificulta o nosso trabalho e a imunização demora para acontecer. Mas estamos felizes e queremos bater essa meta", disse Sônia Ávila, Secretária de Saúde.

A vacinação começou nesta terça-feira, (22), na Central de Vacinas com o grupo prioritário dos trabalhadores da saúde. Para mais essa etapa, idosos, trabalhadores de segurança e salvamento, trabalhadores da assistência social, gestantes, lactantes, puérperas e professores do ensino fundamental, médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos), devem receber a primeira dose.

22 e 23 de junho

Lactantes: Amamentam bebês de 46 dias até dois meses de idade (Central de Vacinas – 6h às 16h)

Nesta quarta-feira (23), durante o dia as lactantes, ou seja, as mães que amamentam e seus bebês têm entre 46 dias a dois meses de vida, devem procurar pela Central de Vacinas, na Avenida dos Pavões n° 1748 W, para tomarem a primeira dose da vacina Coronavac, do Laboratório Butantan.

“Para que essas lactantes tomem a vacina, é importante que elas levem a carteira de vacinação da criança, documento pessoal e o cartão SUS (Sistema Único de Saúde). Lembrando que o endereço precisar ser atualizado em seu Posto de Saúde de origem”, explicou Juliana Manfroi, Enfermeira e Coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

23 de junho

Profissionais da Educação: Ensino Fundamental, Médio e EJA (17h às 21h)

Além das lactantes, nessa quarta-feira, a Secretaria de Saúde vacinará os professores do ensino Fundamental, Médio e EJA, a partir das 17h. “A Secretaria de Educação do Município já nos encaminhou uma lista com o nome de todos os profissionais para serem vacinas, eles devem ficar atentos aos horários e locais para não perderem a imunização da primeira dose”, disse Juliana. Os profissionais da educação deverão levar a carteira de vacina e documento de identidade.

24 de junho

Idosos (Central de Vacinas 6h às 16h)

Na quinta-feira, 24, a Centra de Vacinas vai imunizar todos aqueles idosos que tomara a primeira dose até o dia 01 de abril. O Laboratório que atenderam esse grupo será a Fiocruz, com a vacina AstraZeneca. “Os idosos devem procurar pela Central de Vacinas para tomar a segunda etapa da vacina da AstraZeneca, eles devem levar a carteirinha de vacinação que comprove que ele já tomou a primeira dose”, acrescentou Manfroi.

Forças de Segurança e Salvamento (Central de Vacinas 6h às 11h)

Além dos idosos os profissionais da Força de Segurança e Salvamento também serão imunizados nessa quinta-feira (24), com a vacina AstraZeneca do laboratório Fiocruz.

Assistência Social (Central de Vacinas 13h às 16h)

Os trabalhadores da Assistência Social serão imunizados na tarde desta quinta-feira (24), para tomar a vacina deverão apresentar documento de identidade, cartão de vacina e o cartão SUS com endereço atualizado.

25 de junho

Comorbidades e Deficiência Permanente a partir de 18 anos (Central de Vacinas 6h às 16h)

Pessoas com comorbidades do quadro dois do Ministério da Saúde e pessoas com deficiência permanente, ou seja, limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar; Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir; Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar; Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, acima de 18 anos, também serão imunizados.

Gestantes e Puérperas (Central de Vacinas 6h às 16h)

As gestantes e as puérperas (45 dias após o parto) devem procurar pela Central de Vacinas nessa sexta-feira (25), elas receberão a primeira dose da Pfizer. Deverão levar documentação como: carteira de gestante, documento médico autorizando a receber a dose, cartão SUS com endereço atualizado.

Lembrando que cada grupo possui uma determinação diferente para a vacinação. Alguns por convocação de faixa etária, por pré-cadastro ou ainda por meio de lista nominal advinda de órgãos responsáveis (como é o caso de profissionais de Forças de Segurança e Salvamento, Assistência Social e profissionais da Educação).