Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 23 de Abril de 2024

Menu

Nomeação

Município de MT tem novo bispo nomeado pelo Papa Francisco

Dom João Aparecido Bergamasco foi nomeado bispo da Arquidiocese de Paranatinga

Geral | 04 de Outubro de 2023 as 15h 27min
Fonte: Redação G1-MT

Foto: Reprodução/Rede social

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira (4), Dom João Aparecido Bergamasco como bispo da Arquidiocese de Paranatinga, a 411 km de Cuiabá. O sacerdote estava em Corumbá (MS), antes de ser transferido para Mato Grosso.

Segundo a arquidiocese, a função estava vaga desde junho de 2023, quando o antigo bispo, dom Derek John Christopher Byrne, renunciou após ter completado 75 anos, idade que os sacerdotes podem renunciar, conforme Código de Direito Canônico.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação a dom João. "Recebemos, com alegria, a notícia de sua nomeação como novo bispo da diocese de Primavera do Leste. Expressamos nossos parabéns e votos de um frutuoso ministério no Mato Grosso".

 

O bispo

Dom João nasceu em 15 de maio de 1967, em Marabá (PR). Ele cursou Filosofia no Instituto de Filosofia e Teologia Santa Maria, em Santa Maria (RS) e Teologia no mesmo instituto de 1990 a 1993. Depois de formado, foi enviado em missão para Rondônia, onde trabalhou como vigário geral, de 1994 a 1995 e integrou o Conselho Presbiteral.

Até o final de 1998 ficou Em Cerejeiras (RO). Lá foi diretor da Rádio Comunitária e assessor da Pastoral da Juventude. Em 2001, assumiu a reitoria do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Manaus (AM).

Em dezembro de 2018, o Papa Francisco o nomeou como 14º bispo para a diocese de Corumbá (MS). Foi ordenado em 3 de março de 2019. Em 23 do mesmo mês foi empossado oficialmente como bispo da diocese.

Dom João Aparecido Bergamasco também é membro da Comissão Episcopal para a Comunhão e Partilha, e também da Comissão Episcopal para a Ação Sociotransformadora da CNBB.