Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 17 de Maio de 2022

Menu

Geral

Mulheres representam 43% do número de microempreendedores individuais em Sinop

Empreendedorismo feminino | 08 de Março de 2022 as 11h 24min
Fonte: Vanessa Kienen - Assessoria Prefeitura

Foto: Assessoria Prefeitura

A criação do Microempreendedor Individual (MEI) em 2008 contribuiu para que as mulheres realizassem o sonho de regularizar o próprio negócio. De acordo com dados da Receita Federal, as mulheres representam cerca de 43% dos MEIs sinopenses, somando 5.285, de um total de 12.912 MEIs abertos no município. Em Sinop, as atividades econômicas de maior atuação das Microempreendedoras Individuais são do ramo do comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios, com 758; do setor de salões de beleza, somando 583, e de outras atividades de tratamentos de beleza, com 325.

A jovem Thais Fernanda, de 25 anos, que é empreendedora na área de estética, é um exemplo de mulher que buscou oficializar seu empreendimento como MEI. “Decidi ser MEI, para ter minha independência financeira e ao conhecer os canais de auxílio as microempreendedoras me senti mais segura, sendo assim sempre me deram suporte toda vez que precisei esclarecer alguma dúvida”. A jovem destaca ainda as opções disponíveis para quem deseja se legalizar. “As linhas de crédito disponíveis facilitou também porque de certa forma serve de precaução e apoio caso eu precise de suporte financeiro”, afirmou.

O coordenador do Centro de Atendimento Empresarial, Jefferson Diniz, destaca a importância da presença feminina no empreendedorismo e pontua que isso traz melhorias para a sociedade, para economia e para as empresas. “Além de favorecer a diversidade de negócios, propicia uma maior proximidade das empresas com os clientes, afinal as mulheres são maioria da população”, frisou. Para o coordenador “as mulheres atuando dentro e a frente dos negócios, auxilia na valorização de talentos dentro das organizações, através das competências comportamentais que são tão valorizadas no mercado”, destacou.

O Governo do Estado de Mato Grosso disponibilizou linhas de crédito destinado a mulheres. Diniz convida as interessadas a procurarem a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para saber mais sobre essas linhas. “Uma coisa importante e que precisamos sempre nos atentar, é que em grande parte as mulheres empreendem pela necessidade da formação da renda, que às vezes depende dela própria para sustentar o lar, assim podemos destacar algumas iniciativas como a criação da linha de crédito Mulher Empreendedora pela Desenvolve MT”, pontuou.