Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 23 de Fevereiro de 2024

Menu

Desaparecimentos

MT registra 1,7 mil casos de desaparecimentos em 2023

A escrivã do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil passa orientações sobre o que deve ser feito na hora do boletim de ocorrência

Geral | 18 de Outubro de 2023 as 13h 09min
Fonte: Redação G1-MT

Foto: Polícia Civil MT .

A Polícia Civil informou que, somente em 2023, 1,7 mil casos de desaparecimentos foram registrados em Mato Grosso em 2023. A escrivã do Núcleo de Pessoas Desaparecidas, Jannaína Souza, reforçou sobre a importância da família passar todas as informações sobre a vítima no momento de efetuar o boletim de ocorrência.

"É importante que as pessoas não tenham vergonha de contar esses detalhes, pois são informações importantes para a nossa linha de investigação", disse Jannaína.

Outra orientação passada pela escrivã é que família ligue para outros parentes e amigos próximos a pessoa e certifique de que ela está realmente desaparecida. Após essa confirmação é indicado que seja feito boletim de ocorrência imediatamente.

A Polícia Civil também esclareceu um mito comum de que é preciso aguardar 24h para que seja feito o boletim, no entanto, essa espera não é necessária.

A indicação é que assim que houver desconfianças de um possível desaparecimento, principalmente se tratando de crianças, idosos ou pessoas com deficiências.

Além disso, o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil possui uma página nas redes sociais onde divulgam os casos de pessoas desaparecidas no estado.