Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 23 de Julho de 2024

Menu

Menor índice em 10 anos

MT reduz em 49% desmatamento de floresta nativa em 2023 em relação a 2022

Dados da plataforma Global Forest Watch demonstram resultado de investimentos do Governo do Estado em prevenção e repressão a crimes ambientais

Geral | 17 de Abril de 2024 as 12h 28min
Fonte: Redação

Foto: Divulgação

Mato Grosso reduziu em 49% o desmatamento de floresta nativa, em 2023, em comparação a 2022, segundo dados da Global Forest Watch, plataforma de monitoramento de florestas desenvolvida pela Universidade de Maryland. A redução no Estado é o menor índice dos últimos 10 anos e superou a registrada no Brasil, que foi de 36% nesse mesmo período.

Ao comparar os dados dos últimos quatro anos, a queda é ainda maior, de 62%, entre 2020 e 2023.

A diminuição é resultado do trabalho preventivo e repressivo desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso, que, em 2023, lançou a Operação Amazônia, em uma força-tarefa entre a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), e parceiros, para o combate a crimes ambientais.

A Sema também intensificou a fiscalização e monitoramento, com o uso de tecnologia como drones e acompanhamento via satélite, e ampliou em mais de 60% o número de operações deflagradas contra o desmatamento ilegal em 2023 em relação a 2022.

A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazaretti, ressaltou que, desde 2019, o Governo de Mato Grosso já investiu mais de R$ 240 milhões em ações de prevenção e combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais.

“O Governo destinou R$ 77,4 milhões somente em 2023 para a conservação do meio ambiente e aquisição de novas tecnologias, veículos, insumos e equipamentos de fiscalização”, declarou.