Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 16 de Abril de 2024

Menu

Após 25 dias

Motorista que sofreu acidente após ser sequestrado no dia do aniversário acorda de coma em Cuiabá

Carlos Eduardo Filo foi sequestrado no dia do próprio aniversário, quando o veículo em que ele e os suspeitos estavam bateu contra um ponto de ônibus da capital

Geral | 20 de Março de 2024 as 07h 17min
Fonte: Redação G1-MT

Foto: Reprodução

O jovem Carlos Eduardo Filo, de 25 anos, que sofreu um acidente após ser sequestrado no dia do próprio aniversário, acordou nesta terça-feira (19), após 25 dias em coma induzido, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em um hospital de Cuiabá. A informação foi confirmada pela ex-esposa da vítima, com quem Carlos tem um filho de 5 anos.

Em entrevista ao g1, ela disse que o jovem passou por uma traqueostomia na última sexta-feira (15) e por conta do procedimento ainda não pode falar. Segundo ela, Carlos ainda permanece em estado grave.

"Agora é orar para que a recuperação dele seja positiva e em breve, em nome do senhor, ele sairá de lá e verá o filho que está com muita saudade", disse ela.

O caso ocorreu no dia 23 de fevereiro, quando o jovem foi sequestrado por dois homens na porta de um outro hospital da capital enquanto ia visitar o filho que, na época, estava internado.

Carlos e o filho de 5 anos. — Foto: Reprodução

Carlos e o filho de 5 anos. — Foto: Reprodução

Durante a fuga dos suspeitos, o carro em que os três estavam bateu contra um ponto de ônibus. Carlos completou 25 anos no dia em que foi rendido pelos criminosos.

 

Relembre o caso

Segundo a Polícia Militar, após a batida, o condutor do carro, de 20 anos, tentou fugir, mas foi capturado por pessoas que estavam no local. Ele foi preso e conduzido até a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Bairro Verdão, pois estava com ferimentos no braço e na cabeça.

De acordo com a PM, um outro possível suspeito foi levado ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), no entanto, a identidade dele não foi confirmada.

A reportagem procurou a Polícia Civil para saber o atual paradeiro dos suspeitos envolvidos no crime, mas, até a última atualização desta reportagem, não obteve retorno.

No dia do crime, também foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições intactas dentro do veículo utilizado para o sequestro.