Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Quarta Feira 27 de Outubro de 2021

Geral

Motorista de senador atropela motociclista e foge em Cuiabá

Condutor foi seguido por testemunhas, que acionaram a PM e o localizaram

Imprudência | 13 de Outubro de 2021 as 14h 55min
Fonte: Folha Max

Foto: Divulgação

Rogério Montezuma de Moraes, que trabalha como motorista no escritório do senador Carlos Fávaro (PSD), foi preso na noite desta segunda-feira (11) acusado de atropelar uma jovem de 21 anos que pilotava uma motocicleta e em seguida fugir do local. O acidente aconteceu no bairro Santa Rosa II, em Cuiabá. O suspeito tentou fugir, mas foi seguido por testemunhas que acionaram a Polícia Militar.

Segundo o boletim de ocorrências, a equipe foi acionada e, ao chegar ao local do acidente, encontrou apenas a motocicleta da vítima completamente danificada. Testemunhas que estavam no local disseram aos PMs que a motociclista havia sido atropelada por uma caminhonete Volkswagen Amarok e que o motorista havia fugido. Disseram também que o condutor da motocicleta foi seguido por duas pessoas e que o veículo havia estacionado em uma casa no bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

Já no local, os policiais perceberam que a caminhonete estava amassado. Ao ser questionado, o suspeito negou o atropelamento.

A vítima relatou aos militares que reduziu a velocidade da motocicleta para fazer uma conversão à esquerda quando foi atingida por trás pela caminhonete. Após o acidente, o carro ainda teria arrastado a vítima por alguns metros.

Testemunhas disseram que após o acidente, Rogério fugiu, dando várias voltas pelo bairro, inclusive voltando a passar pelo local do acidente. Diante dos fatos, Rogério e a testemunha foram encaminhados à Central de Flagrantes para os procedimentos necessários.

Já a vítima foi levada ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). O acidente será investigado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran).