Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 14 de Julho de 2024

Menu

Óbito

Morre empresário e ex-presidente da CDL Sinop

Marcos Alves sofreu um infarto fulminante

Geral | 12 de Abril de 2024 as 10h 13min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Divulgação

O empresário e ex-presidente da CDL Sinop, Marcos Antônio Alves foi encontrado morto, na manhã desta sexta-feira (12), por volta das 9h, em sua residência. A suspeita é de que ele tenha sofrido um infarto fulminante. A família ainda está em choque com o ocorrido e não há mais informações sobre o caso.

 

* Atualização: O corpo de Marcos será velado na sede da CDL Sinop, na Rua das Amendoeiras, nº 63. O velório inicia as 22h desta sexta-feira. O sepultamento está marcado para as 14h30 do sábado, no cemitério de Sinop.

 

Marcão da Citá, como era conhecido, completaria 50 anos de idade no próximo mês. Ele nasceu em 29 de maio de 1974, na cidade de Alto Piquiri, no Paraná. É filho de Sebastiana Mattos Alves e Silvano Alves, irmão de Silvio Carlos Alves e Simone Mattos Alves Carvalho. Marcão deixa três filhos, Eduardo, Murilo e Carlos, e a esposa Mayra Ribeiro Ponçoni.

O empresário chegou em Sinop em fevereiro de 1996. Abriu a Hidroline Piscinas, HHome Móveis, Agropecuária Talismã, a Citá Veículos e um loteamento de chácaras. Marcão também foi o diretor da Real TV (Record em Sinop), entre 2018 e 2020, e foi um dos sócios fundadores da Sicoob Norte MT, sendo vice-presidente da cooperativa de crédito.

Em 2019 foi eleito presidente da CDL Sinop. Ele ingressou na entidade em 2005.

 

Trajetória

O primeiro emprego de Marcos foi aos 14 anos de idade, como empacotador no supermercado Dinabrás, em Colíder. Depois, passou no concurso na prefeitura daquele município, como auxiliar administrativo. Tinha 17 anos e decidiu concluir os estudos no ensino médio como técnico em contabilidade, em Ribeirão Preto-SP.

Pouco tempo depois, retornou a Mato Grosso, se formou em Administração e começou a empreender no mundo dos negócios. Em 1996 abriu a Hidroline. Acabou vendendo a loja e passou a investir no segmento Imobiliário e da construção civil.