Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Geral

Ministério Público vai apurar declarações homofóbicas de padre

“Viadinho” | 16 de Junho de 2021 as 16h 31min
Fonte: Redação

O Ministério Público de Mato Grosso informou, por meio de nota, que instaurou um processo investigatório para apurar as declarações classificadas pelo órgão como “homofóbicas”, proferidas por um padre católico do município de Tapurah. O procedimento visa colher os subsídios necessários para adoção de medida judicial cabível.

As declarações foram feitas durante um culto religioso da igreja católica de Tapurah, no dia 13 de junho, quando a corrente religiosa comemora do dia de Santo Antônio, entidade tida como santo formador de casais. A celebração também foi transmitida pelo Facebook. O padre usa o altar para comentar uma declaração de amor feita por um casal homossexual durante uma transmissão da TV Globo. O autor da declaração é jornalista na emissora.

Em nota, o Ministério Público Estadual, por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos e Diversidades, repudia qualquer tipo de discurso de ódio. “As declarações efetuadas pelo padre extrapolaram a liberdade religiosa e que podem até mesmo resultar na propositura de medidas extrajudiciais, de ação civil pública por dano moral coletivo causado à sociedade, bem como ação penal, por eventual crime cometido”, ressaltou o órgão.