Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Conjuntos habitacionais

Mauro manda coronel cumprir liminar de desocupação; 4 foram invadidos e obras estão paradas

Liminares autorizam desapropriação de conjuntos invadidos e Mauro cobrou atuação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp)

Geral | 25 de Novembro de 2023 as 14h 26min
Fonte: Repórter MT

Foto: Divulgação

Durante o lançamento do Sistema Habitacional de Mato Grosso (SiHabMT) e a assinatura de um contrato de R$ 350 milhões com a Caixa Econômica Federal para subsidiar a construção de casas populares no Estado, o governador Mauro Mendes lembrou das dificuldades encontradas por esse tipo de empreendimento no Estado de Mato Grosso, principalmente por conta de invasões.

“Nós temos um histórico meio ruim nesse segmento aí, de muitas obras que ficaram paralisadas. Aqui em Mato Grosso nós tínhamos quase sete mil unidades paralisadas, a grande maioria foi retomada. Pedi agora pouco ali para a Caixa Econômica me atualizar, parece que nós temos três ou quatro empreendimentos (parados) por conta de invasões”, disse Mendes.

Durante sua fala, foi informado que já haviam liminares autorizando a desapropriação desses empreendimentos. Mauro cobrou de pronto uma atuação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

“Já tem liminar? Falta o que, cumprir? Coronel (César) Roveri, vamos cumprir. Porque temos que cumprir. Não dá para admitir esse negócio de ficar invadindo seja o que for, seja um conjunto habitacional, casa de ninguém, terra de ninguém. Em Mato Grosso nós declaramos tolerância zero para esse tipo de crime e não podemos tolerar sob hipótese alguma”, disse.

Mauro destacou, ainda, a meta do governo em entregar 40 mil unidades habitacionais até 2024. Pontuou, contudo, que é preciso concluir obras que estão paradas no estado.

“Quando a gente sinaliza isso (o compromisso de evitar invasões dos conjuntos habitacionais), muito mais do que lançar coisas novas, que tem uma importância gigante, nós também estamos comprometidos, todos nós, em terminar obras que muitas delas começaram a 10, 15 anos atrás”, disse o governador.

 

O Sistema

O Sistema Habitacional de Mato Grosso (SiHabMT) tem como objetivo facilitar o acesso dos mato-grossenses à linhas de crédito para financiamento da casa própria.

A promessa do Governo do Estado é oferecer subsídios de até R$ 20 mil para complementar o valor da entrada do financiamento. O valor deve ser repassado direto para a Caixa Econômica Federal.

O site que permitirá o cadastro das famílias interessadas está no ar pelo endereço https://sihabmt.mt.gov.br/cidadao/#B. O cidadão deverá entrar no site e fazer sua inscrição. Segundo o governo do estado, as unidades serão liberadas de acordo com a demanda.