Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Segunda Feira 27 de Junho de 2022

Menu

Geral

Mais de 350 alunos se formam no Proerd em Sinop

Programa Educacional de Resistência às Drogas | 22 de Outubro de 2021 as 07h 53min
Fonte: Redação com assessoria

Alunos da rede pública municipal de Sinop concluíram, nesta quinta-feira (21), a etapa de formação pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), ofertado pela Polícia Militar em parceria com a Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (S.M.E.E.C). Em 2021, a ação mobilizou mais de 350 alunos da escola Sadao Watanabe.

Marcando a conclusão no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), foi realizada hoje, uma solenidade de formatura na Emeb Sadao Watanabe. O momento festivo reuniu estudantes, famílias, empresas parceiras patrocinadoras, para a entrega de certificados, prêmios aos formandos e homenagens. 03 alunos do 5º ano foram premiados, cada um com uma bicicleta pelo destaque nas redações do Proerd, sendo eles: Rafaela Neri da Silva, Guilherme Fonseca da Silva, e Ana Caroline Almeida Menezes.

O Proerd - Programa Educacional de Resistência às Drogas na escola tem como objetivo desenvolver habilidades para a saúde e segurança pessoal das crianças desde cedo através das atividades que promovem a participação e a interação social nas discussões e no desenvolvimento de habilidades que os conduza a soluções dos problemas e dificuldades. Esses conteúdos são trabalhados em sala de aulas com os alunos, que conta também com o apoio e colaboração dos professores.

No escopo do trabalho, o poder público fornece os subsídios necessários como livros para formação das crianças, camisetas e as escolas, onde se encontram as turmas de 5º ano e que são alvo da ação. Já a instituição militar e seus instrutores ministram as aulas. Como destaca o Tenente Coronel, Comandante Regional Adjunto, PM Ziulmar da Costa Silva, o foco do Proerd é atuar de forma preventiva em um período em que, naturalmente, as crianças estão mais vulneráveis. "O Proerd trabalha na prevenção primária, antes que aconteça. Então, podemos verificar toda essa animação das crianças, essa energia, como são facilmente influenciáveis. O que precisamos, justamente com o Proerd, é entrar nesta faixa etária em que as crianças estão vulneráveis às informações, ao mundo que vivemos, e trazemos o programa, fazendo com que tenham consciência do que ocorre no mundo afora e possam ter essa resistência quando serem aliciadas para fazerem qualquer coisa de errado", ponderou.

Como destaca, ainda, a secretária municipal de Educação Sandra Donato, esse elo entre comunidade escolar e Policia Militar, é muito importante para o desenvolvimento da sociedade como um todo. "Quero agradecer aos professores que cederam as aulas, aos policiais que se dispuseram a darem uma aula, a trabalharem a disciplina e aos alunos que também estudaram, aprenderam e com certeza colocarão em prática tudo o que aprenderam, e alguns ainda foram premiados com uma linda bicicleta", pontuou a gestora.

O D.A.R.E / PROERD - Programa Educacional de Resistência as Drogas, foi criado por duas professoras pedagogas do Distrito Escolar da cidade de Los Angeles (Estados Unidos) no ano de 1983 com a sigla D.A.R.E. (Drugs Abuse Resistance Education) e apresentado ao departamento de Polícia. Teve boa aprovação e com dois anos de aplicação o Programa estava em todos os Estados americanos. Rompeu-se fronteiras e atualmente já vem sendo aplicado em mais de 65 países.    

No Brasil o Programa iniciou-se no Rio de Janeiro em 1992 e foi se expandindo para outros Estados, tamanha foi à aceitação por parte das escolas e comunidade, que atualmente o Programa já atende todos os estados brasileiros, seja em escolas públicas ou privadas.