Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Geral

Lutador de jiu-jitsu morre aos 30 anos vítima da Covid

Madjer Alexander Okde Nunes era um dos principais lutadores da modalidade em Mato Grosso

Luto no esporte | 09 de Maio de 2021 as 10h 18min
Fonte: Mídia News

Foto: Mídia News

O lutador de jiu-jitsu cuiabano Madjer Okde,  de 30 anos, morreu na noite deste sábado (8), vítima da Covid.

O atleta estava em estado grave desde abril, quando precisou ser internado na UTI de um hospital privado da Capital.

Madjer Alexander Okde Nunes era um dos principais lutadores de jiu-jitsu de Mato Grosso.  Entre suas principais conquistas, está o segundo lugar no Campeonato Mundial disputado em São Francisco (EUA) em 2015.

Também teve boas participações no Mundial São Paulo, Open San Francisco, BJJ (Brazilian Jiu-Jitsu) Tour Flórida e o Naga Atlanta. 

A morte do atleta comoveu família, amigos e colegas do esporte.

“Descanse em paz, Madjer Okde. Uma doce alma tomada pela Covid aos 29 anos (30 na  verdade). Que sua memória viva com cuidado e amor eterno com sua família e filha”, escreveu um amigo.

“Descanse em paz, meu irmãozinho, também conhecido como Fraco. Palavras não podem descrever o choque da notícia do seu falecimento hoje (ontem). Passei muito tempo com você no Brasil e você era como um filho apara mim, morando comigo na minha casa,  treinando, viajando e competindo comigo por seis meses”, escreveu um outro.

"Que fique registrado, um cara esportista, que sempre cuidou do corpo, acabou falecendo por causa da Covid. Não tem mais aquilo de somente pessoa de mais idade ou com comorbidade. Tomem cuidado, cuidem dos seus. Tenha mais empatia pelo próximo", disse um amigo.

Madjer Okde, que também era modelo e praticante do cross-fit, deixa uma filha.