Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 16 de Abril de 2024

Menu

Direção perigosa

Jovem que fazia vídeos empinando moto morre em fuga da PM

Garoto de 18 anos postava imagens em redes sociais

Geral | 28 de Fevereiro de 2024 as 09h 22min
Fonte: Folha Max

Foto: Reprodução

O motociclista Gustavo Paiva Davi, 18 anos, morreu nesta segunda-feira (26) após realizar várias manobras perigosas e colidir contra um Corolla e um poste na Avenida Marechal Rondon, em Pontes e Lacerda (443 km de Cuiabá). A passageira da moto, também de 18 anos, ficou ferida.

Gustavo não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Horas antes do acidente, Gustavo estava empinando a moto e gravando as manobras para postar em suas redes sociais.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, uma equipe policial em deslocamento pela Marechal Rondon avistou Gustavo em alta velocidade e empinando a moto. Ao perceber a situação, a equipe policial acionou reforço e tentou abordar o motociclista, mas Gustavo seguiu em alta velocidade na Marechal Rondon sentido Maria Capoeira, momento em que quase colidiu com outros veículos no cruzamento com a esquina da Rua Pernambuco.

Já na Avenida Florespinha Azambuja, ele quase atropelou alunos da Escola Militar Tiradentes que atravessavam a rua. Gustavo não parou e prosseguiu com a fuga em alta velocidade, virando à direita na Avenida Maranhão e, ao chegar na Avenida Marechal Rondon, não respeitou a placa de parada obrigatória, invadiu a preferencial e colidiu com um veículo Toyota Corolla preto, que depois colidiu com um poste.

Tanto Gustavo quanto a passageira ficaram gravemente feridos e foram levados para o Hospital Vale do Guaporé. Infelizmente, o condutor da motocicleta não resistiu aos ferimentos.

A garupa informou aos policiais que Gustavo estava empinando na área central da cidade e gravando vídeos mostrando diversas manobras perigosas para postar nas redes sociais. Ela relatou ter pedido para ele parar a moto para a abordagem policial, mas ele não parou.

A dinâmica do acidente é investigada pela Polícia Civil.