Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sábado 13 de Julho de 2024

Menu

Criança sobreviveu

Jovem é detido suspeito de atirar em menino de 7 anos e mentir sobre o caso em Sorriso

No dia do crime, o suspeito e a namorada alegaram que dois homens em uma moto teriam atirado contra eles, mas a polícia descobriu que o tiro foi disparado pelo jovem

Geral | 25 de Junho de 2024 as 14h 44min
Fonte: Redação G1-MT

Foto: Reprodução

Um jovem foi detido nesta terça-feira (25), suspeito de atirar em um menino de 7 anos, no domingo (23), em Sorriso. Segundo a Polícia Civil, a criança é irmã da namorada do suspeito e ambos teriam mentido sobre os autores dos disparos. A criança teve uma fratura craniana, está estável e não corre risco de vida.

Inicialmente, a irmã da vítima, de 13 anos, disse que dois homens em uma moto teriam atirado contra ela e o namorado, mas, após a adolescente prestar depoimento nesta terça, a equipe descobriu que o tiro foi disparado pelo jovem.

“Hoje a irmã da vítima foi ouvida formalmente e conseguimos esclarecer o que aconteceu. Na verdade, o namorado dela, fazendo brincadeiras irresponsáveis com uma arma de fogo dentro da casa, acabou efetuando os disparos, que acertou a cabeça do menino. Em seguida, ele empreendeu fuga e não prestou socorro ao menino”, contou.

 

Fuga

O delegado Bruno França informou que o jovem tinha fugido da cidade e que parte dos pertences dele tinham ficado na casa da família e, quando voltou para buscá-los, os policiais abordaram o veículo fretado que fazia a mudança e detiveram o suspeito. No veículo também estava a mãe do jovem, que foi liberada.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito é conhecido pela polícia por ter envolvimento com organização criminosa e também sendo um dos principais suspeitos de participar do assassinado de uma adolescente de 17 anos, que aconteceu no começo deste mês.

 

Arma apreendida

Em um primeiro momento, o suspeito recusou entregar a arma, mas depois levou os policiais a uma região de mata, onde o objeto estava escondido. Ele alegou ter efetuado os disparos acidentalmente, informou o delegado.

O suspeito disse ter 17 anos, no entanto, a polícia tenta levantar informações exatas sobre a idade, pois há suspeita de que ele pode ser maior e esteja mentindo, informou o delegado.

 

Entenda o caso

O caso aconteceu no domingo. No dia, a irmã da vítima disse à polícia que estava em casa com o namorado, quando dois homens encapuzados em uma moto chegaram no local atirando contra o casal. O namorado da garota saiu correndo e a criança acabou sendo atingida.

A irmã ainda contou à polícia que o casal não tem envolvimento com facção criminosa, mas suspeitava que o namorado fosse o alvo por ter feito um sinal que seria proibido.