Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Segunda Feira 15 de Julho de 2024

Menu

Barbárie

Idosa de 84 anos é estuprada e morta a facadas em Cuiabá

Homem de 34 anos confessa ter entrado na residência com a intenção de roubar o celular e dinheiro para comprar drogas e bebida alcoólica

Geral | 31 de Março de 2024 as 21h 38min
Fonte: O Tempo

Foto: Reprodução

Um homem de 34 anos foi preso por suspeita de estuprar e matar a facadas uma idosa de 84 anos, em Cuiabá. Ele é funcionário de uma distribuidora de gás vizinha à residência da vítima e foi preso em flagrante pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a polícia, o homem confessou o crime, alegando ter entrado na casa da mulher com a intenção de roubar o celular e dinheiro para comprar drogas e bebida alcoólica.

O caso, que aconteceu no bairro Despraiado na última quinta-feira (28), foi registrado como roubo qualificado, estupro com resultado morte, homicídio qualificado e feminicídio.

No vídeo das câmeras de segurança da distribuidora de gás, obtido pela DHPP, é possível ver o momento em que o homem pula o muro lateral da casa, com um par de botas de cor preta e uma sacola verde.

O corpo da vítima, Horaide Bueno Stringuini, foi encontrado no final da manhã de quinta-feira (28) na residência, com sinais de violência sexual e duas perfurações no tórax. A faca utilizada no crime foi localizada em um terreno ao lado da casa.

Familiares informaram que a idosa morava sozinha e que um neto havia falado com ela por volta das 07h30, indicando que o crime aconteceu depois desse horário.

As imagens permitiram identificar o autor. A bota que ele utilizava no trabalho, e que carregava no momento em que saiu da casa da vítima, foi localizada em um terreno na rua acima do local do crime.

Após a identificação, os policiais prenderam o homem em flagrante no início da madrugada de sexta-feira (29).

O delegado Nilson André Faria de Oliveira autuou o autor pelos crimes de roubo qualificado, estupro com resultado morte e homicídio qualificado pelo motivo fútil - recurso que impossibilitou a defesa da vítima -  e feminicídio, sendo posteriormente o preso colocado à disposição da Justiça.