Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 23 de Julho de 2024

Menu

Caso esclarecido

Fazendeiro que espalhou boato de ataque de onça é preso por morte de trabalhador em MT

Delegado responsável pelo caso informou que quem espalhou o boato do ataque de onça foi o dono da fazenda

Geral | 27 de Abril de 2024 as 22h 33min
Fonte: Redação PP

Foto: PJC-MT

A Polícia Civil prendeu neste sábado (27) o dono da fazenda onde Dinalto Machado Lopes, de 52 anos, trabalhava. O corpo de Dinalto foi encontrado na quarta-feira (24), na Comunidade Pontal do Borges, zona rural de Tapurah, a 414 km de Cuiabá, e o principal suspeito do crime é o próprio dono da propriedade, de 56 anos.

A suspeita inicial, segundo informações da Polícia Civil, é que Dinalto teria sido atacado por uma onça, quando consertava uma cerca da fazenda onde trabalhava. 

Conforme o delegado Artur Almeida, quem espalhou o boato do ataque de onça foi o dono da fazenda.

Neste sábado (27) a Polícia Civil cumpriu três mandados de busca domiciliar e um de prisão temporária, contra o dono da fazenda.

 

Investigação

O proprietário da fazenda afirmou que no dia do fato, a vítima foi encarregada de consertar uma cerca na propriedade. Aproximadamente duas horas depois, a esposa da vítima percebeu a ausência dele e perguntou ao suspeito onde a vítima estava.

A esposa de Dinalto informou que momentos depois, o dono da fazenda passou a gritar que a vítima estava morta e que tinha lesões que eram de ataque de onça, baseando-se nos ferimentos e na suposta trilha deixada pelo animal.