Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 26 de Fevereiro de 2024

Menu

Luto

Ex-juiz de Sinop é encontrado morto em casa

Clóvis de Mello tinha 59 anos de idade e estava há 3 anos fora da magistratura

Geral | 21 de Dezembro de 2023 as 17h 09min
Fonte: Jamerson Miléski

O ex-juiz da comarca de Sinop, Clóvis Mário Teixeira de Mello, foi encontrado morto, nesta quinta-feira (21), dentro da sua residência, no município de Sinop. Segundo relatos de pessoas próximas, o juiz havia sentido um desconforto após o almoço e subiu para o quarto. A família saiu para fazer compras na parte da tarde e quando retornou já encontrou Mello morto. Os bombeiros que atenderam a ocorrência relantaram que o óbito ocorreu por volta das 14h. Ele estava com 59 anos de idade.

Mello nasceu em Cuiabá no ano de 1964. Ele é filho de Clóvis de Mello, que foi juiz federal e membro da Academia Mato-grossense de Letras, que faleceu no ano de 2011.

A primeira formação de Mello foi como Administrador de Empresas, aos 21 anos. Em 1989, aos 25 anos formou-se em Direito. Atuou como advogado criminalista em Mato Grosso até o ano de 1996, quando ingressou na magistratura, aos 32 anos de idade. Sua carreira como juiz começou no município de Pontes e Lacerda. Depois foi transferido para Primavera do Leste e em 1999 veio para Sinop, onde atuou como juiz até março de 2020, quando se aposentou. Atualmente Mello atuava como advogado.

Ele era casado com Giselle Espósito de Mello, desde o ano de 1990, e pai de duas filhas, Yasmin Espósito de Mello e Vitória Espósito de Mello.