Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 20 de Julho de 2024

Menu

Executada

Ex-candidata à Miss Equador é morta a tiros dentro de restaurante

O crime, que foi capturado em video, aconteceu após ela ser mencionada em um caso de corrupção e narcotráfico investigado no país

Geral | 30 de Abril de 2024 as 08h 00min
Fonte: Extra Globo

Foto: Reprodução

A ex-candidata à miss Equador em 2022, Landy Párraga Goyburo, foi assassinada no último domingo, dia 28, em um restaurante em Quevedo, no país latino. Homens armados adentraram o estabelecimento, por volta de meio dia, e atiraram na jovem, de acordo com informações do jornal La Nacion. O crime, que foi capturado en video, aconteceu após ela ser mencionada em um caso de corrupção e narcotráfico investigado no país.

Párraga é natural de Quevedo e no sábado foi convidada para um casamento, para onde havia ido acompanhada de um homem. A modelo postou fotos do passeio com amigos próximos no Instagram logo antes de ser assassinada. Após o tiroteio, seu corpo ficou caído no chão.

O Ministério Público informou que procedeu à remoção do corpo e “organizou os primeiros passos para apurar responsabilidades”.

 

Quem foi Landy Párraga?

Landy Párraga Goyburo, comunicadora social de profissão, foi vice-rainha de Quevedo em 2019 e participou do miss Equador em 2022.

Com apenas 23 anos, ela era proprietária de uma importadora de utensílios domésticos. Além disso, ele tinha sua própria linha de roupas esportivas. Nas suas redes sociais partilhou a vida luxuosa que levava, entre viagens pelo mundo e refeições em locais luxuosos.

No dia 8 de janeiro, seu nome foi citado nos chats do caso Metástase e ela supostamente mantinha um relacionamento amoroso com o traficante Leandro Norero, citado na investigação. Conversas entre Norero e seu advogado, Heliver Angulo, apelidado de ‘Estimado’, revelaram tentativas de proteger Párraga de possíveis implicações criminais.