Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 23 de Fevereiro de 2024

Menu

Tragédia

Estudante de MT morre em show de Taylor Swift após passar mal com calor

Vítima tinha 23 anos e era estudante de Psicologia em universidade de Rondonópolis, no Mato Grosso

Geral | 18 de Novembro de 2023 as 13h 40min
Fonte: O Globo

Foto: Reprodução

Uma estudante de 23 anos morreu após passar mal por conta do forte calor enquanto acompanhava o show da cantora Taylor Swift, na noite desta sexta-feira, no estádio Nilton Santos, Zona Norte do Rio . Ana Benevides, de 23 anos, era estudante de Psicologia da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), no Mato Grosso. Em suas redes sociais, a cantora lamentou o episódio.

"Eu nem posso te dizer o quão devastada estou com isso. Tenho muito pouca informação além do fato de que ela era incrivelmente linda e jovem demais. Não vou poder falar sobre isso no palco porque me sinto dominada pela tristeza quando tento falar sobre isso. Quero dizer que agora sinto profundamente essa perda e que meu coração partido está com sua família e amigos", escreveu a cantora.

Ao GLOBO, um amigo da vítima relatou que ela passou mal logo no início da apresentação, no momento em que a primeira música era executada. Nas redes sociais, outros fãs reclamaram da proibição da entrada no local do show sem garrafas d’água, por conta de restrições impostas pela segurança.

O pai da jovem, Weiny Machado, de 53 anos, disse que espera uma apuração rápida sobre o que ocorreu de fato momentos antes da morte da jovem. Segundo informações da TV Globo, a família embarcou para o Rio nesta manhã.

"Perdi minha única filha, menina feliz, inteligente. Estava para se formar em psicologia em abril próximo, guardando dinheiro. Não tenho palavras para expressar minha dor. Saiu de casa para realizar um sonho e volta morta", disse o pai à Folha de S. Paulo.

 

O caso ocorreu em um dia de muito calor na capital fluminense. A estação meteorológica do Sistema Alerta Rio, da prefeitura do Rio, registrou em Guaratiba, na Zona Oeste, a maior sensação térmica desde 2014, quando foi iniciada a marcação.

No local, a sensação de calor chegou aos 59,3 graus, às 10h20, desta sexta-feira. É a segunda vez esta semana que o município do Rio atinge a maior sensação térmica da série histórica do Alerta Rio. Na terça-feira, a sensação chegou a 58,5 graus.