Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Geral

Em Podcast PM orienta população sobre como se proteger de golpes virtuais

Policial repassou dicas de como agir em caso da clonagem da conta do WhatsApp

Orientação | 18 de Maio de 2021 as 13h 28min
Fonte: Franciele Vieira

Divulgação

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso com o objetivo de interagir com a população criou no início de março desde ano o PMCAST, onde informa sobre as principais ações da PM em todo o estado ficando ainda mais próxima da sociedade mato-grossense.

No oitavo episódio do PMCAST, a população teve a oportunidade de receber algumas dicas para evitar cair em golpes, que segundo tenente- coronel Vitor Fernando Sakata da Diretoria da Agência Central de Inteligência da Polícia Militar de Mato Grosso, neste período de pandemia houve um aumento significativo no registro de golpes.

“Neste período de pandemia, os cidadãos de bem tem mais tempo livre tem acessado mais a internet e os golpistas também se aproveitado deste momento para aplicar mais golpes tanto indo na residência tentando vender algum produto, como já tivemos golpes da venda das panelas onde no momento do pagamento os criminosos clonavam os cartões das vítimas”.

Além disso, o tenente-coronel apontou também a grande ocorrência de crimes virtuais, que acarretaram no registro de vários prejuízos para usuários das redes sociais. “ A questão da maior parte dos golpes é praticada por meio do WhatsApp que está tendo muito problema na clonagem, e por conta disso o cidadão tem que estar tomando muito cuidado e não estar repassando o código de segurança ou até mesmo por meio de plataformas de vendas”.

No caso da ocorrência da clonagem da conta do WhatsApp, o militar destacou que primeiramente, a vítima deve estar entrando em contato com um parente para que divulgue para que todos os contatos sejam informados que a sua conta foi clonada, logo em seguida, o aplicativo deve ser desinstalado e após alguns minutos reinstale novamente e procure restaurar o WhatsApp, sendo que em seguida ele receberá um novo código, caso esse procedimento não dê certo, pode digitar um código inválido, que automaticamente vai dar um erro, tente essa operação várias vezes, e normalmente após várias tentativas o aplicativo bloqueia a conta e o golpista que está usando terá a conta bloqueada. Normalmente esse bloqueio se dá pelo prazo de 7 dias.

Caso a vítima não consiga bloquear a conta, ela deverá estar enviando um e-mail para o support@whatsapp.com, informando que o WhatsApp dele foi clonado e solicitando o bloqueio imediato. A orientação é que o usuário ative o mecanismo de segurança que é a verificação em duas etapas.