Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 01 de Março de 2024

Menu

Sinop

Duas torres ligadas por uma passarela é o novo empreendimento do Grupo Sinop

Duottori Residence foi lançado oficialmente, com 30 unidades vendidas em duas horas

Geral | 12 de Abril de 2023 as 17h 07min
Fonte: Jamerson Miléski

Dourado à esquerda e Leandro à direita, apontam detalhes dos apartamentos do Duottori Foto: GC Notícias

Inaugurando sua nova fase no mercado imobiliário vertical, o Grupo Sinop lançou oficialmente nesta quarta-feira (12), o Duottori Residence. O empreendimento capitaneado pela Gran Incorporadora – braço vertical do Grupo Sinop – será erguido no Jardim Curitiba, próximo a uma área de reserva florestal, no encontro de duas avenidas.

Segundo o gestor comercial da Gran, Alessandro Dourado, nesse primeiro momento foram colocados a venda 100 apartamentos. “Lançamos o empreendimento já com algumas unidades negociadas no pré-venda”, comentou Dourado, demonstrando o interesse do mercado no empreendimento.

O Duottori – como o nome supõe - terá duas torres, cada uma com 20 andares. No total serão 144 apartamentos, com 3 metragens padrão: 97,48 m², 115 m² e 116,82 m². “As plantas dos apartamentos são modulares, o que permite que cada unidade seja facilmente personalizada de acordo com o perfil de cada pessoa”, completou Dourado.

A maior novidade é a conexão entre os dois prédios, através de uma passarela na cobertura. Para o gerente da Gran, Leandro Marques Neto, um dos pontos altos do Duottori é a estrutura de lazer e recreação do empreendimento. A passarela conectando as duas torres permite que o morador de um prédio utilize a estrutura dos dois. “Além de ser um grande espaço de contemplação, com uma vista panorâmica, já que o terreno onde será erguido o Duottori tem uma topografia elevada”, explicou Leandro.

Projetado pela Zot, um renomado escritório de arquitetura em Santa Catarina, o Duottori conta com uma piscina no térreo e uma com fundo infinito na cobertura, quadra de areia, academia, espaço gourmet, um Sport Bar e um Spazio pizza.

Outro ponto de comodidade para os futuros moradores são as 11 salas comerciais que ficarão no térreo. A proposta da Gran é locar esses imóveis para empresas oferecerem serviços. “No térreo haverá esse espaço comercial e o hall de entrada, já com portaria eletrônica e acesso aos elevadores, que são privativos. O primeiro e segunda andar terão as estruturas de lazer e os apartamentos começam a partir do 3º andar”, explicou Dourado.

As obras do Duottori iniciaram no dia 31 de Março, com a escavação do terreno. Segundo Leandro, a construção deve ser rápida. Isso porque, para a execução da obra a Gran fechou uma parceria com o Grupo Toctao, de Goiânia – empresa que possui o selo ISSO 9001 desde o ano 2001, além de uma vasta experiência em construção, seja com torres ou com grandes obras de engenharia. “O cronograma firmado com a construtora é para que o Duottori seja entregue, concluído, no início de 2026”, projeta Leandro.

As vendas estão sendo feitas na sede do Grupo Sinop e em uma unidade volante instalada no Shopping Sinop. O preço médio do metro quadrado dos apartamentos é de R$ 10 mil. Nessa fase, de adquirir o imóvel na planta, a Gran trabalha com uma entrada (equivalente a 3% o valor do imóvel), e o saldo parcelado em 32 vezes. Esse “saldo” corresponde a 28% do valor do imóvel. Ao final das 32 parcelas, o Duottori estará pronto e os apartamentos poderão ser financiados. “Acredito que parte significativa vai comprar o apartamento para morar, mas é sem dúvida uma boa opção de investimento, aproveitando a valorização de um imóvel na planta”, concluiu Dourado.