Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Segunda Feira 15 de Julho de 2024

Menu

Estava desaparecido

Dois adultos são presos e 2 menores apreendidos suspeitos de assassinar professor em Cuiabá

Celso Odinir Gomes, de 60 anos, estava desaparecido deste o dia 3 deste mês, quando saiu de casa com destino a sua chácara em Santo Antônio de Leverger

Geral | 10 de Maio de 2024 as 17h 02min
Fonte: Redação PP

Foto: Divulgação

Quatro pessoas foram detidas, nesta sexta-feira (10), suspeitas de participação na morte do professor Celso Odinir Gomes, de 60 anos, que estava desparecido deste o dia 3 deste mês.

O corpo dele foi localizado também nesta sexta, em uma região de mata no entorno da Lagoa Trevisan, próximo ao trevo de Santo Antônio, em Cuiabá.

Entre os suspeitos estão dois adultos e dois adolescentes que foram detidos em flagrante por envolvimento no crime.

Desde o registo do desaparecimento, a Polícia Civil realizou inúmeras buscas. Uma delas foi na região do bairro Jardim Imperial, onde foram encontrados documentos em nome de Celso.

A equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas também recebeu informações de que dois cartões de banco do professor foram encontrados no linhão perto do Parque Cuiabá.

Já o veículo do professor foi localizado em um local ermo, próximo ao residencial Santa Terezinha, também na capital. O veículo já foi periciado pela Politec.

Outras informações sobre a localização do corpo da vítima e prisão dos envolvidos serão detalhadas ao longo do dia, assim que as diligências no local forem concluídas.

 

Família e amigos fazem vakinha

Diante das despesas com os trâmites jurídicos, velório e sepultamento, a equipe do Colégio Salesiano Santo Antônio onde o professor trabalhava está fazendo uma vakinha para arrecadar fundos.

Muitos pais de alunos se disponibilizaram a ajudar. No entanto, outras pessoas podem ajudar por meio do link .

 

Desaparecimento

No dia que desapareceu, Celso teria saído de casa para ir até sua chácara, em Santo Antônio de Leverger, a 35 km da capital.

Conforme a Polícia Civil, ele saiu vestido com uma camiseta de time e uma calça escura. O último contato do professor com a família ocorreu por volta das 19h do dia 3 de maio.

Celso atuava como professor de matemática no Colégio Salesiano Santo Antônio, no Coxipó, uma das escolas particulares mais tradicionais de Cuiabá.