Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 16 de Setembro de 2021

Geral

Depois de 9 anos, Estado retoma construção de escola

Nova licitação busca empresa para concluir a sede própria da Escola Cleufa Hubner

Sinop | 04 de Maio de 2021 as 19h 18min
Fonte: Jamerson Miléski

O aluno da Escola Estadual Cleufa Hubner, de Sinop, que iniciou sua jornada escolar quando foi anunciada a construção da sede própria, chegou ao Ensino Médio sem ver a obra concluída. A escola fundada no ano de 2009 recebeu em 2012 a notícia de que teria uma sede própria. Nove anos depois, o Estado lança uma nova licitação para tentar retomar a obra e concluir sua promessa.

A sede própria da Escola Cleufa Hubner foi licitada em 2013 – ainda no governo Silval Barbosa. A obra começou a ser erguida em um terreno doado pela prefeitura no Jardim das Nações. Em 2016, após diversos atrasos nos pagamentos e divergências com a empreiteira contratada, a obra foi paralisada e está na mesma situação desde então.

O prédio com dois pavimentos e espaço suficiente para abrigar os mais de mil alunos matriculados, ficou pela metade. Em janeiro de 2020, o vice-governador Otaviano Pivetta veio a Sinop para inspecionar essa e outras duas obras de escolas do Estado. Na oportunidade, Pivetta afirmou que 70% das obras da Escola Cleufa Hubner haviam sido executas e que uma nova contratação seria feita para retomar a construção ainda em 2020.

A licitação foi lançada nesta terça-feira (5), às vésperas da visita oficial do governador Mauro Mendes (DEM), ao município. A tomada de preços 05/2021 tem como objeto a finalização da Escola, com 3.150 metros quadrados de área construída. As empresas interessadas em assumir a obra tem até o dia 21 de maio para apresentar suas propostas.

Para entregar à escola pronta, o Estado terá que injetar mais R$ 2.253.041,61. Esse é o valor teto da licitação, que pode baixar de acordo com as propostas encaminhadas. Em 2013, a obra foi licitada em R$ 4,5 milhões. A empresa responsável pela obra empenhou R$ 2,9 milhões mas o Estado efetivou o pagamento de apenas R$ 2 milhões. Caso consiga concluir a Escola com essa nova licitação, o governador Mauro Mendes conseguirá manter o gasto abaixo do orçamento inicial, que foi feito há 8 anos.

O novo edital prevê um prazo de execução de 270 dias. Caso o contrato seja assinado no começo do segundo semestre de 2021, e o cronograma seja seguido, a sede própria da Escola Cleufa Hubner estará pronta em março de 2022.

A unidade foi projetada para ter 18 salas de aula e capacidade para atender 1 mil alunos.