Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sábado 13 de Julho de 2024

Menu

Operação Diaphthora

Delegado é suspeito de receber mochila e Triton para ‘‘livrar’’ ex-governador de MT

Justiça cita que servidor usa do cargo para angariar recursos

Geral | 17 de Abril de 2024 as 12h 15min
Fonte: Brenda Closs – folhamax

Foto: Divulgação

A juíza Paula Tathiana Pinheiro, da 2ª Vara de Peixoto de Azevedo (670 km de Cuiabá), que expediu a prisão preventiva do delegado da Polícia Civil, Geordan Fontenelle e do investigador Marcos Paulo Angeli, apontou que o ex-governador Silval Barbosa estaria envolvido no esquema de corrupção que ocorria dentro da delegacia, com um suposto pagamento de propina para beneficiá-lo. A decisão aponta que o delegado teria recebido vantagens indevida através de uma mochila e também uma caminhonete Triton Savana, do ano de 2022, repassadas por familiares do ex-chefe do Executivo, que chegou a ficar preso entre 2015 e 2017 por acusações de corrupção no comando do palácio Paiaguás.

O veículo é avaliado em R$ 200 mil. O carro foi transferido à esposa do delegado, Leticia Cristina de Souza Araújo, no dia 17 de outubro de 2022.