Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Social

CRAS Menino Jesus participa do projeto Sinop Orgânico com cultivo de horta comunitária

A ação tem o objetivo de levar mais conhecimento sobre produção agroecológica à comunidade

Geral | 17 de Novembro de 2023 as 12h 33min
Fonte: Mylene Dias - Assecom

Foto: Divulgação

A horta comunitária do CRAS Menino Jesus é desenvolvida em parceria com o projeto Sinop Orgânico desde fevereiro deste ano. A ação tem o objetivo de levar mais conhecimento sobre produção agroecológica à comunidade, estimular o cultivo familiar e o empreendedorismo, além de promover o fortalecimento de vínculos comunitários e sociais entre os usuários participantes. 

No último sábado (11), o CRAS participou da primeira edição do Sinop Sustentável como uma das instituições parceiras do evento, realizado no Parque Florestal. “Estivemos presentes ajudando na organização do evento, disponibilizando mudas de plantas cultivadas na horta de forma orgânica, expondo o trabalho realizado pelo projeto na unidade junto com a comunidade”, detalhou o coordenador do CRAS, Anderson Dilkin. 

Uma vez por mês os participantes se reúnem junto com a equipe técnica da Empaer para participar de palestras e rodas de conversas. São momentos que possibilitam o esclarecimento de dúvidas, novos aprendizados e troca de experiências que contribuem no dia a dia do cultivo da horta. “Com a ajuda do coordenador Rogério da Empaer, reativamos a horta comunitária na unidade, o projeto Sinop Orgânico tem dado muito apoio para nós, em todos os encontros recebemos orientações sobre cultivo orgânico e preparação dos produtos”, continuou Aderson. 

Muitos dos participantes são pessoas idosas que encontram no grupo de convivência uma oportunidade para interagir e melhorar a qualidade de vida. “A gente trabalha com famílias em situação de vulnerabilidade e a ideia do projeto da horta comunitária é que elas adquiram esse conhecimento técnico não só para produzir no CRAS, mas que possam levar esse aprendizado e fazer nas residências”, completou o coordenador.